Fisioterapia & Saúde

Paraplégico volta a andar depois de implante de estimulador elétrico

358 1

Depois de receber um implante com estimulador elétrico na medula espinhal, o americano Rob Summers voltou a andar depois de quase cinco anos paraplégico. Os médicos já haviam dito que ele jamais andaria de novo.

“Foi a sensação mais inacreditável. Depois de não poder se mexer por quatro anos, eu pensei que as coisas finalmente iam mudar”, disse Summers de 25 anos.

Entretanto, ele só fica em pé durante suas sessões de duas horas diárias de fisioterapia, quando o estimulador é ligado, e para o dia-a-dia, continua em uma cadeira de rodas. Os médicos limitam o uso do dispositivo a algumas horas por dia.

“Não é uma cura completa, mas pode ajudar alguns pacientes”, afirmou Gregoire Courtine, chefe do departamento de neuroreabilitação experimental da Universidade de Zurique, na Suíça.

O dispositivo é geralmente usado para aliviar dores, e pode custar até US$ 20 mil. “Ele manda um sinal elétrico genérico para a medula, para levantar ou andar”, declarou Susan Harkena, principal autora do estudo, à revista “The Lancet”. O estimulador foi implantado em um região mais que a de costume, na parte inferior das vértebras de Rob Summers.

“Meu objetivo é andar e correr novamente. Acredito que tudo é possível e que vou sair da minha cadeira de rodas algum dia”, aposta Summers.

Fonte: Redação SRZD

1 comentário

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *