Fisioterapia & Saúde

FALSOS fisioterapeutas são investigados em hospitais do PI

CONSELHO REALIZOU FISCALIZAÇÃO em Campo Maior e irregularidades foram identificadas

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Sexta Região- Crefito-6 (CE/PI) realizou no último dia 08 de julho na cidade de Campo Maior, realizando fiscalização nos profissionais de fisioterapia que atuam no município. Nesta semana, um relatório da fiscalização foi divulgado e várias pessoas foram pegas na irregularidade.

Entre as irregularidades estão o exercício ilegal da Fisioterapia, praticado por estagiários e leigos; estabelecimentos sem registro no Conselho e conivência com o exercício ilegal da profissão. Foram realizados os procedimentos jurídicos no Fórum do município, na Promotoria de Justiça. O Crefito preservou os nomes que estão sendo denunciados.

Mesmo no dia da visita da equipe do conselho, os fiscais perceberam uma correria no Posto de Saúde do município, e muitas pessoas que estavam sendo investigadas não foram encontradas. Um dos profissionais envolvidos na fraude, e exercício ilícito da fisioterapia, é parente de uma autoridade política do estado, e teve sua identidade, também preservada.

O Crefito-6 alerta a população para: procurar identificar sempre quem está realizando o seu atendimento fisioterapêutico, pois não existe a função do técnico, auxiliar ou assistente de Fisioterapia; saber que os estudantes precisam ser supervisionados por um profissional formado e estarem cursando acima do sexto semestre da graduação, além da formalidade do convênio segundo a Lei do estágio. Verificar também se a clínica/consultório onde está sendo realizado o seu tratamento possui registro no Conselho. A Fisioterapia praticada de forma incorreta pode causar sérios danos a saúde humana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *