Fisioterapia & Saúde

Presidente lança pacotes que incluem fisioterapeutas em suas estruturas

188 4

 Melhorar o atendimento nos hospitais e domiciliar é um dos desafios que a presidente do Brasil encontrou desde o início do seu governo. Entre outras medidas, Dilma Rousseff acaba de anunciar a criação de dois programas importantes para a saúde pública brasileira. O “Melhor em Casa” prevê atendimento domiciliar a pacientes que não precisam ficar internados, cuja intenção é diminuir a demanda de atendimentos em hospitais. As mil equipes serão compostas por médicos, fisioterapeutas, técnicos em enfermagem e enfermeiros. A previsão de investimento é de R$ 1 bilhão e estima-se que os grupos de trabalhos sejam formados até 2014.   

As equipes serão contratadas por gestores locais, por isso, é importante a adesão dos Estados e municípios, incluindo o Distrito Federal. “Esse é um aprendizado da medicina nos últimos anos: nós aprendemos no dia a dia, percebemos que alguns dos procedimentos que tradicionalmente são realizados dentro dos hospitais poderiam ser realizados dentro de casa com melhor resultado, (…) vendo a pessoa como ser humano”, afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. 

Segundo o ministro, a iniciativa poderá reduzir, por exemplo, os números de infecções hospitalares. Padilha ainda destacou que o ministério ficará responsável por todas as despesas do programa. A previsão é de que 110 equipes sejam cadastradas ainda neste mês, sendo que a média de atendimento mensal de cada uma delas será de 60 mil pacientes. O ministro da Saúde anunciou ainda a assinatura de portaria com o Ministério de Energia que prevê isenção total de tarifa de energia em residências onde existam equipamentos médicos que necessitem de eletricidade.

Para o presidente do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO), Roberto Cepeda, a inclusão de fisioterapeutas no programa representa uma grande conquista para a categoria. Como entidade de maior representação nacional, o COFFITO contribui, desde a sua criação, para o engrandecimento, o crescimento, o fortalecimento e o reconhecimento social e científico desses profissionais. Com certeza, este é um momento de grande satisfação”, avalia. 

O “SOS Emergência”, por sua vez, tem como meta qualificar os maiores hospitais de urgência e emergência do Brasil. A meta é atingir 40 unidades de atendimento até 2014. Entre outros benefícios, o programa destinará para cada hospital, anualmente, R$ 3,6 milhões para ampliação e qualificação do atendimento. Há ainda uma verba adicional de até R$ 3 milhões por hospital para compra de equipamentos e reformas. A ideia é criar comitês de qualidade nos hospitais para reformular e agilizar o atendimento, por exemplo. “Queremos entrar em campo com os trabalhadores de saúde para apoiar quem quer fazer mudanças”, disse Padilha.

Fonte: COFFITO

4 Comentários

  • Denuncia anonima disse:

    Olá Dr, Jorge, gostaria que o senhor entrasse em contato com o Dr. Mário Amorim e o Dr. Leonardo Lobo, sobre um grave fato ocorrendo um de seus cursos, estão anunciando um FALSO FISIOTERAPEUTA como um dos ministrantes do curso de PILATES, um tal de Sérgio lepine, que vem atuando ilegalmente como bombeiro em nossa cidade e agora se autodenomina DOUTOR fisioterapeuta… Não posso me identificar, mas basta averigaur no site do proprio curso : http://www.cursosviver.com.br/professor_detalhes.php?i=274 e ou no cronograma: http://www.cursosviver.com.br/curso_detalhes.php?i=141, esse senhor não é fisioterapeuta… Aonde vamos chegar?

    ergio

  • OUTRO ANONIMO disse:

    Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz
    Onde houver ódio, que eu leve o amor…

  • Organizadores disse:

    ola caro amigo venho por isso lhe informar que o Sérgio Lepine nao é fisioterapeuta , e nem vai ministrar este curso como fisioterapeuta mais ele vai ser convidado para ministrar a parte de primeiros socorros como instrutor de primeiros socorros

    então quando não sabemos falar do que se trat e melhor ficar na sua

    A Inveja de vocês e que nos faz crescer

    Aprenda a leer os artigos para não sair falando besteiras no mundo!

  • Dr. Leonardo Lobo e Dr. Mario Amorim disse:

    Gostaria de responder a Denuncia anonima que o professor convidado Sérgio lepine não é Fisioterapeuta e sim o mesmo estará no curso de Pilates Evolution para ministrar o módulo de urgência e emergência no Pilates, o qual o mesmo tem qualificação para tal assunto. A organização do curso nunca divulgou que o mesmo é Fisioterapeuta. Se houve algum mal entendido, fica aqui esclarecido.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *