Fora da Ordem

Cinema cancela exibição de A Bela e a Fera após descobrir sobre personagem gay

15878 3.274

Um cinema de Alabama, nos Estados Unidos, cancelou os planos de exibir A Bela e a Fera por causa da inclusão de um personagem gay no filme. A informação foi divulgada na página do Henagar Drive-In Theatre, no Facebook.

“Desde o dia 16 de dezembro o Henagar Drive-In está sob nova direção”, começa a nota. “É com grande tristeza que comuincamos que não iremos exibir o filme A Bela e a Fera quando estrear”. Logo depois vem a explicação: “Para aqueles que não sabem, a Bela e a Fera está ‘estreando’ seu primeiro personagem gay. O produtor ainda diz que ao final do filme ‘haverá uma surpresa para os casais homossexuais'”.

A publicação continua: “Se nós não podemos levar nossa neta de 11 anos e o neto de oito anos para ver um filme, então nós não assistiremos. Se eu não posso sentar para ver um filme com Deus ou Jesus ao meu lado, então nós não exibiremos. Antes de tudo, nós somos cristãos”.

Josh Gad é LeFou, o primeiro personagem abertamente gay nos filmes da Disney (Foto: Divulgação)

O texto termina dizendo que a organização não desafiará a Bíblia e que continuará exibindo filmes sem a “preocupação de sexo, nudez e humossexualidade”.

Em A Bela e a Fera, da Disney, o personagem LeFou (Josh Gad) é o sidekick do vilão Gaston (Luke Evans). Ele flerta com o personagem de Evans em vários momentos do filme e deve aparecer dançando com outro homem.

Com Emma Watson e Dan Stevens, A Bela e a Fera estreia no próximo dia 16 de março.

Recomendado para você

3.274 Comentários