Fora da Ordem

Há um ano morria Carrie Fisher, a eterna Princesa Leia de ‘Star Wars’

Há um ano morria a atriz estadunidense Carrie Fisher, a eterna Princesa Leia de Star Wars. A artista morreu aos 60 anos, quatro dias após sofrer uma parada cardíaca durante um voo de Londres para Los Angeles. O departamento de medicina de Los Angeles informou que Fisher morreu por apneia do sono, associada a outros fatores. Fisher lutou pela vida após o ocorrido no dia 23 de dezembro de 2016. Ela estava na turnê de divulgação da sua biografia “Memórias da Princesa: Os Diários de Carrie Fisher” (The Princess Diarist).

A mãe de Carrie e atriz da Era de Ouro de Hollywood, Debbie Reynolds, morreu no dia seguinte, aos 84 anos. Famosa por seu papel em “Cantando na Chuva“, Reynolds sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Carrie deixou gravadas suas cenas para o filme “Star Wars: Os Últimos Jedi“, que estreou neste mês nos cinemas, incluindo os acertos necessários de pós-gravações. A atriz ainda deveria participar do último filme da atual trilogia, o Episódio IX. Após finalizar “Os Últimos Jedi”, Carrie retornou para as gravações da comédia Catastrophe, da plataforma de streaming Amazon.

Em seu livro de memórias, a atriz revelou o intenso romance que teve com o ator Harrison Ford e contou os bastidores da vida em Hollywood, além de outros detalhes de “Uma Nova Esperança” (1977).

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + catorze =