iMãe

Programação Infantil: Dona Zefinha no Dragão do Mar

A trupe da Dona Zefinha faz as suas duas últimas apresentações nos dias 30 e 31 de agosto, no CDMAC

 

dona zefinha

 

O teatro do Dragão do Mar ficou com lotação esgotada neste sábado (24), Dia da Infância, para a sessão do “Circo sem teto da lona furada dos Bufões”. As crianças aplaudiram e riram na comédia musical do grupo Dona Zefinha que retrata a história de um circo mambembe sobrevivendo no midiático mundo contemporâneo. O retorno, dentro do programa Temporada de Arte Cearense do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza, leva para a criançada um mosaico de tradição e a modernidade em cores, sons, criatividade e humor. O espetáculo “Circo sem teto da lona furada dos Bufões” fica em cartaz apenas mais um fim de semana. Sábado, 30 de agosto, às 17h, no Teatro Dragão do Mar com ingresso de R$ 4,00 e 2,00. Domingo, dia 31, às 18h, na Praça Verde. Grátis.

 

No enredo da peça, o circo dos Bufões sem teto e com a lona furada sobrevive do incansável desejo dos palhaços Bufão, Panfeto e Pafim de não deixar que a magia do circo chegar ao fim. O palhaço nordestino é retratado na narrativa e subverte a lógica do senso comum, sendo capaz de transformar a realidade ao ver o mundo de maneira inocente e lírica.

 

A direção do espetáculo é de Orlângelo Leal, um dos três irmãos do grupo, ao lado de Ângelo Márcio e Paulo Orlando. A família, que se transformou em trupe, completada por Joélia Braga e Samuel Furtado, viaja por todo o Brasil em busca de recriar o universo lúdico do sertão de Itapipoca e de tantos outros rincões do Brasil. Tem mais de 20 anos de estrada em uma busca incessante de experimentar o teatro de rua, a cena infantil e também a música autoral.

 Quem é Dona Zefinha: Conceituado pelo público e pela crítica como um dos mais significativos grupos da cena autoral cearense, o grupo tem 20 anos de estrada e é formado pelos irmãos Orlângelo Leal, Ângelo Márcio e Paulo Orlando e pela atriz e música Joélia Braga. São ativistas da palavra, da cultura popular, da performance e do teatro de rua, perpassando todo por todo trabalho a criação de uma dramaturgia e encenação própria, com musicalidade e humor.

A Dona Zefinha fundou em 2011, a Casa de Teatro Dona Zefinha na cidade de Itapipoca, que é um minicentro cultural que abriga todo o trabalho artístico do grupo , além de ser espaço cênico para as produções de outros grupos e para cursos de formação. É um espaço cultural independente que vem contribuindo com a difusão da produção cênica, na circulação e no consumo de bens simbólicos no interior do estado do Ceará.

 

São do repertório do grupo as peças:

“Três Faniquitos sem concerto”

“A chegada de Marculino no Purgatório”

“O Casamento de Tabarim”

“O circo sem teto da Lona Furada dos Bufões”

Espetáculos/discos: “Cantos e Causos” , “Ze­finha vai a feira” e “O circo sem teto da lona furada dos Bufões”.

 

Saiba mais (fotos, vídeos e textos):

Site do grupo: http://www.donazefinha.com.br/

Vídeos do grupo: https://www.youtube.com/user/bandazefinha

Blog da peçahttp://osbufoes.wordpress.com/

Fotos da peça: https://www.flickr.com/photos/bandadonazefinha/sets/72157634070368377/

♥  ♥  ♥

iMãe nas redes sociais:
Facebook: facebook.com/imaeblog
Instagram: @blogimae
Twitter: @imamaeblog
Pinterest: www.pinterest.com/imaeblog

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *