Blog do Jocélio Leal

Maria Sílvia defende bancos públicos rigorosos

 

Emília Buarque (LIDE Ceará) e Maria Sílvia Bastos, presidente do BNDES, no evento de hoje em São Paulo (Foto: Divulgação)

No almoço-debate do LIDE (Grupo Doria) hoje (8/5), em São Paulo, a convidada foi a presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques. Ela defendeu na apresentação que bancos públicos devem sim ser rigorosos. Soou como resposta. Ontem a revista Época informou que o presidente Michel Temer planeja demitir Maria Sílvia do cargo. O motivo seriam as queixas de empresários sobre a dificuldade de acesso ao crédito do Banco.

Maria Sílvia afirmou que o BNDES não estará mais focado necessariamente em setores, mas sim em projetos, especialmente os que tiverem maior externalidade para a população (infraestrutura, inovação e educação, além de micro e pequenas empresas). Ela pessoalmente está estudando saneamento. A presidente faz a linha de defesa da agenda positiva do Governo Temer, destacando a PEC do Teto dos Gastos e o sucesso no leilão dos aeroportos.

Ao relatar como receberam o Governo, ela mostrou que o Brasil de 2016 era igual ao Brasil de 2008 em PIB per capita; o mesmo de 2009 em indústria e investimentos; idêntico ao de 2010 em PIB; semelhante ao de 2011 em serviços e consumo das famílias; e que nem o de 2012 em agropecuária.

 

 

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *