Blog do Jocélio Leal

Com 52 andares, maior prédio de Fortaleza está em análise

4822 28

Projeto é assinado pelo escritório de Daniel Arruda

Fortaleza – As imagens a circular pelas redes sociais de uma torre na Beira Mar, com 52 andares, são de um edifício ainda sem nome, da Construtora Colmeia, no Mucuripe. Cada apartamento, a ser erguido em regime de condomínio fechado, custaria em média R$ 7 milhões. O projeto, do escritório de Daniel Arruda, está para ser analisado na Prefeitura.

Pelo projeto original, já aprovado, seriam duas torres com 27 andares cada. Com a mudança na legislação da cidade – a entrada em vigor da outorga onerosa – a opção foi por, a rigor, colocar uma torre sobre a outra.

Ao todo, são 46 unidades de 600 m2 e sete vagas. Cada m2 custa na área R$ 11.500. São quatro subsolos de estacionamento e um pilotis com pé direito duplo.

Otacílio Valente, diretor-presidente da Colmeia, só vê vantagens. Ele cita a menor ocupação do solo e a maior circulação de vento.

Ele tem expectativa de ter um veredicto por parte da Secretaria de Urbanismo e Meio-Ambiente (Seuma) até o final do ano. Deseja começar a obra em 2018.

A altura está no limite estabelecido pelo Comando da Aeronáutica, por conta do tráfego aéreo. “Poderá haver outros de igual altura, mais alto não, diz Otacílio.

O local exato é entre a Igreja da Saúde (Mucuripe), na avenida Abolição, e o Parque do Riacho Maceió, na Beira Mar.

O parque, a propósito, foi feito pela antiga dona anterior do terreno, a incorporadora Terra Brasilis, em Operação Urbana Consorciada.

Dentre as contrapartidas para poder construir ali, estava fazer o parque e cuidar de sua manutenção por 20 anos. A obrigação foi herdada pela Colmeia e, segundo Otacílio, será repassada ao condomínio.

 

Recomendado para você

28 Comentários

  • Carlos disse:

    Um show uma abra faraônica que vai colocar nossa cidade no topo do mundo.

    • Geraldo Almeida de Melo disse:

      Sou a favor, Fortaleza precisa mostrar para o Brasil que não é uma cidade só de paupérrimos.
      Certamente outros empreendimentos virão.Estou no Rio de Janeiro, essa onda que o Rio estar quebrado é pura mentira, Aqui, não se ver obras parada e o metrô e o VLT não param para de crescer.

  • Será um marco na arquitetura da capital,
    lindo empreendimento! Acredito que será o pontapé inicial para empreendimentos desse porte aqui na cidade.

  • Edwiges Moura disse:

    Será um mostrengo ,a destoar do padrão da cidade,em plena Beira -mar.Nossos prédios residenciais são de 23 andares ,em média,e já vivemos numa selva de pedra e concreto. Vamos ver esse exibido ao chegarmos no aeroporto!
    Nao compreendo como essa obra foi aprovada.Horrível.

  • Edilene disse:

    Coisa feia, um total disrrespeito com os que vivem nas outras ruas atráz, como se apenas os de primera linha tivessem o privilégio de disfrutar da brisa do Mar…. Incongruencia,se todos pagam impostos,todos devem gosar dos mesmo direitos.Edificacões como esta e taaantas outras,inrrompem com a harmonia da linda costa de Fortaleza

  • Karen disse:

    Mais uma aberração arquitetônica em Fortaleza. Vê-se pelo projeto como distoa da paisagem, principalmente em relação aos outros prédios. A àrea da construção já é elevada. Será um monstro em meio à singela praça e igreja N. S. da Saúde. Tenho certeza que será deferido pela prefeitura, pois como sempre, a cidade cresce pelo interesse individual, e não o coletivo!

  • Jorge Bastos disse:

    Amigos, este tipo de obra demanda uma logística construtiva de custo elevado, que não agrega valor ao empreendimento. Em minha modesta opinião de Engenheiro Civil com 35 anos atuando pelo Brasil, recomendo manter o projeto original de duas torres e investir em planejamento e sustentabilidade! Geracao de energia solar, aquecimento solar de água de chuveiro e torneiras, reuso das aguas pluviais, segurança monitorada, controle de acesso, elevadores inteligentes , atendimento a norma de eficiência, esquadrias acústicas com vidros que bloqueiam os ultravietas, ar condixionado central, sistema de destinação ecológica de residuos e etc. obrigado pela oportunidade de expressar minha modesta opinião.

  • RLM disse:

    Projeto anti Tsunami

  • Luiz Eduardo disse:

    Lindo empreedimento!
    Parabéns a construtora pela ousadia.

  • Ivan disse:

    Um total absurdo permitir a construção de um prédio dessa altura.
    Ao abrir essa exceção, estaremos fadados a uma orla ainda mais bloqueada por essas mega torres.

  • Regina Gonçalves disse:

    Conheço o projeto anterior, que me foi apresentado pelo diretor da Terra Brasilis, e concordo com a opinião do Sr. Jorge Bastos, em manter as 2 torres, que ficariam mais harmoniosas e investir em sustentabilidade.

  • VladimirBessa Cabral de morais disse:

    Obra provindas de muita vaidade e egoísmo, já que para mostrar-se como inovador com um edifício tão alto e destoante dos outros da área, vai dificultar a ventilação de outros empreendimentos.

  • Camila disse:

    um crime contra nossa cidade!

  • Valdemir Freitas de Pinho disse:

    Um empreendimento de primeiro mundo, Fortaleza precisa acompanhar o desenvolvimento no que diz respeito a construção civil, deixar de construir prédios anãos e cair na realidade mundial de belos empreendimentos. Parabéns a Construtora Colmeia.

  • Corrinha disse:

    Esse edifício tão alto será uma aberração, uma agressão à arquitetura da cidade, tanto no que diz respeito a harmonia do visual, quanto ao contexto do entorno. Absurdo!

  • Bruno Alves disse:

    Vamos ver a luta de egos, projeto totalmente descabido, sem nexo. Logo na Beira-Mar aonde a ventilação já sofre tanto. E a secretária Agueda Muniz não vai se opor, tá tudo no mesmo balaio. Uma pena.

  • Eliana Braga disse:

    Implantado numa zona em que as ruas são de menos de 9 m de largura e no topo de um morro, isto é, 150m + altura do morro barrando o vento norte Varjota adentro. Fora que o codigo urbano foi alterado o gabarito max em novembro iktimo pelo prefeito. A troco de que? De biabilizar esta obra. A partir deste outros virão…

  • Deise disse:

    “MElhor circulacao de vento” para quem?????? Pq uma torre dessa é uma desgraça ambiental.

  • Claudia Aragão disse:

    Eu amei! se pudesse comprava o meu agora, vento na beira mar tem direto, Fortaleza tem que acompanha o futuro, parabéns construtora colmeia, sempre saindo na frente.

  • Tarcísio Mota Jr disse:

    Ótimo a iniciativa. Empreendimentos desta monta devem ser incentivados. Dever-se-ia, a meu ver, diminuir-se a taxa de ocupação na mesma proporção do aumento de pavimentos atual. Conservar-se-ia as taxas de ocupação dos subsolos e pavimento térreo. Este tipo de emprendimento melhora a ventilação e diminue o impedimento do impacto visual.esteticamente um projeto de primeira linha. Parabens aos projetistas e para a coragem do construtor. Tarcísio Mota Jr (eng.civil)

  • gilberto m miranda disse:

    Esses gatos pingados que se opõem a precisa de ostentaçãoo projeto,têem intuítos de aparecerem,sem poder de porra nenhuma. Tudo que se tenta fazer para elevar a city,esse tipo de gente é contra,como aconteceu com o aquário,viadutos,aterros,espigões,etc. Tamanho é documento,toda cidade precisa de ostentação,para o padrão brasileiro é um prédio baixo,não sendo para os padrões asiático,europeu e americano. A FAB contribuiu muito para que o teto dos edficios em fortaleza fossem baixos,por conta da segurança,já que o aeroporto e a base aérea se encontram em área urbana,agora o teto foi liberado em algumas regiões. Portanto,vocês que são contra,se contetem em pelo menos olhar prá cima,cuidado para não ficarem tontos,se isso acontecer o melhor remédio é chá de simancol com duas gotas de óleo de peroba.

  • Valmor Muller disse:

    Já estive em Fortaleza em 2008 e senti falta de prédios mais altos na orla para dar mais imponência e sair daquela linha reta de no máximo 23 andares! Ridículo. Esse projeto é lindo e Fortal está precisando para ser novamente atrativa em fotos, não pensem que só o mar verde que traz turistas, peguem como exemplo Balneário Camboriú onde um prédio desses atualmente é nanico comparado aos 5 mais altos em construção todos passando dos 200 metros de altura, e 3 deles já com uns 50 andares levantados. Por ordem de altura fica o One Tower que terá 280 metros, e está nas fundações, o YatchHouse Residence 1 e 2 que terão 270 metros e o Infinity Coast 240 metros ambos atualmente com 50 andares erguidos, depois o Épic Tower que terá 220 metros e já com uns 150 metros de altura. Tem muitos outros em andamento bem adiantado que não recordo o nome, mas todos ficarão acima dos 150 metros. Então, estou torcendo muito para que o projeto saia, e quando eu voltar em breve possa ver as obras em andamento.

  • Mhuryllo Andrade disse:

    Fortaleza precisa de edifícios assim grandes e futuristas,deixando o passado e indo para o futuro como muitas outras cidades como New York,Tokyo,Dubai,Hon Kong e vários outros exemplos,para mostra para o Brasil e o mundo a importancia de Fortaleza,até o Panamá um pais pouco conhecido tem prédios mais altos do que o de São Paulo e Rio.Não pense que o que traz turistas é apenas a beleza natural e sim principalmente os edifícios e a urbanização da cidade como por exemplo New York e Dubai ambos quase não tem belezas naturais mais e frequentado por mais de 200 mil pessoas por mês e Dubai mais de 350 mil por mês fortalecendo a economia da cidade.Muito lindo e magnífico o prédio espero que ele seja aprovado e construido pois será um grande passo para Fortaleza se desenvolver mais e mais

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *