Blog do Jocélio Leal

Jeri: Caso Alchymist e insegurança jurídica

2511 1

Estabelecimento acima pertence ao italiano Giorgio Bonelli, dono de hoteis na Europa e de um restaurante em Fortaleza, o Jardim de Alchymist (Fotos: Divulgação)

Jijoca de Jericoacoara – Sem entrar um metro cúbico no caso específico do Alchymist Beach Club, fechado após a Superintendência Estadual de Meio Ambiente (Semace) ter suspendido a Licença de Operação, chama a atenção o quanto é frágil a segurança jurídica no meio ambiente.

Não há dúvidas quanto à importância do rigor. Mas as idas e vindas, com aval e depois suspensão de licenças, sugerem que não é seguro por dinheiro em um habitat destes.

A seara é polêmica. No ano passado – e deve haver muita parcimônia em se tratando de suspeições, no caso com origem no Ministério Público – o superintendente da Semace foi afastado e quatro servidores presos, sob acusação de ilícitos na concessão de licenças.

A propósito do tema, escrevi em março, no O POVO, artigo intitulado Meio Ambiente e a utilidade dos inocentes. Clique e leia aqui.

Recomendado para você

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *