Leituras da Bel

Confira como será o acesso à programação da Bienal Fora da Bienal

Daniel Galera, escritor (Foto: divulgação)

Nem só de Centro de Eventos do Ceará é feita a Bienal Internacional do Livro. Espaços de Fortaleza e da Região Metropolitana serão ocupados com diálogos entre população e escritores. O Leituras da Bel selecionou atividades e mostra como será feito o acesso do público. Entre os eventos está o encontro do escritor Daniel Galera com nadadores, surfistas e jangadeiros do Pirambu. Haverá também uma conversa de Ignácio de Loyola Brandão com frequentadores do Cuca Jangurussu. E a estudiosa Izabel Gurgel vai guiar ciclistas em um roteiro do Mucuripe ao Poço da Draga.

A XII Bienal Internacional do Livro do Ceará ultrapassa as paredes do Centro de Eventos e estabelece diálogos em locais improváveis. Júlio Lira, coordenador da Bienal Fora da Bienal (BFdB), explica que o projeto nasceu da vontade de promover encontros. “Entre escritores que representam o pensamento da humanidade e pessoas que, em geral, não têm voz ou têm o acesso mais difícil a essa comunicação”, elabora Júlio.

Com exceção da atividade que acontece na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, todas as programações são gratuitas, abertas ao público e não há necessidade de inscrição.

Júlio Lira explica que as comunidades e locais foram escolhidos antes da seleção dos escritores e convidados. “ Pensamos em comunidades. Depois, pensamos nos diálogos interessantes para levar até esses locais. A linha não foi primeiro o escritor. Foi o inverso. Assim, por exemplo, a gente resolver fazer uma roda de conversa dentro do mar no Pirambu. É um bairro marítimo. A relação com o mar é profunda. E depois buscamos o escritor que tivesse essa relação, o Daniel Galera”.

Veja a programação

Segunda-feira, 17
-Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes – Aquiraz
10h – Tema: Ao som do mar e à luz do céu profundo – Convidado: Gero Camilo
Atividade restrita. Público não pode participar.

-Tribo dos Índios Anacé – Caucaia
16h – Tema: Na Corrente dos encantados – Convidado: Valter Hugo Mãe
Atividade para os índios Anacé. Se for possível, o público será autorizado a também fazer perguntas.

Terça-feira, 18
-Instituto Tonny Ítalo – Itaitinga
10h – Por livros onde as crianças podem morar – Convidados: Benita Pietro e Tino Freitas
Acesso livre.

Quarta-feira, 19
-Cineteatro São Luiz – Centro
19h30h – Tema: Minha casa é meu chapéu – dois dedos de prosa com quem mora na rua.
Convidada: Kiusam de Oliveira
Acesso livre

Sexta-feira, 21
-Titanzinho – Serviluz
Presença dos Agentes de Leitura do Vicente Pinzón
16h – Cadernos de areia em uma Fortaleza escondida – Uma conversa à beira mar, com André Neves
Acesso livre.

Sábado, 22
Vila do Mar – Pirambu (do lado de dentro do espigão em forma de L, na vila do Mar)
16h – O coração do mar é o vento – Uma roda de conversa no mar, com Daniel Galera
Público: nadadores, surfistas, jangadeiros

-Cuca Jungurussu
19h – Tema: A literatura como modo de rebeldia urbana com Ignácio de Loyola Brandão
Acesso aberto

Domingo, 23
Do Mucuripe ao Poço da Draga
9h – Tema: Alegria é a prova dos nove: Pedalando com Frida Kahlo.
Convidada: Izabel Gurgel. Saindo da área dos barcos no Mucuripe, até o Pavilhão Atlântico no Poço da Draga
Acesso aberto para ciclistas
Ponto de encontro: Jangada do Mercado do Peixe, no Mucuripe.

Leia mais
Veja outros destaques da Bienal

Serviço
XII Bienal Internacional do Livro do Ceará
Quando: de 14 a 23 de abril
Onde: Centro de Eventos do Ceará (avenida Washington Soares, 999 – Edson Queiroz)
Entrada gratuita
Veja a programação completa: bienaldolivro.cultura.ce.gov.br

Recomendado para você