Plínio Bortolotti

“Multa zero” está no campo da demagogia ou da afronta à lei

457 3
Posso do novo titular da AMC: flagrante de desrepeito às leis de trânsito. Foto da coluna "Política"

Posse do novo titular da AMC: flagrante de desrepeito às leis de trânsito

Ao tomar posse, na sexta-feira da semana passada,  Fernando Bezerra, novo titular da AMC [Autarquia Municicipal de Trânsito e Cidadania] disse que ia implantar um projeto de “multa zero”.

Um negócio que parece impossível, mesmo que os milhares de motoristas de Fortaleza fossem todos anjos.

A meu ver, o que o novo comandante do trânsito de Fortaleza deveria fazer seria disciplinar o trânsito caótico das ruas, que toma conta, inclusive, das calçadas. Poderia pedir ajuda de outro novo secretário, Deodato Ramalho, da Semam [Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano].

E, sinto dizer, controlar a selvageria que tomou conta do espaço urbano de Fortaleza não se fará sem multas. Educação é bom, mas um sujeito que chegou as 20, 30, 40 anos de idades sem a mínima noção de urbanidade e de espaço público, só vai aprender se algo se houver  algum tipo de punição,  isto é –  multa.

Neste blog, sob a rubrica “Fortaleza, terra de ninguém” tenho postado exemplos do verdadeiro vale-tudo que toma conta das ruas e calçadas da cidade.

No post abaixo, mais um exemplo: a TIM privatizou a calçada de sua loja, na rua Coronel Alves Teixeira, esquina com a Barão de Studart.

 Anoto este exemplo, mas há centenas de outros na cidade; de vez em quando vou pôr um aqui, como também mostrar como motoristas estacionam onde se lhes dá na telha.

Sem falar nos estacionamentos “legais” sobre as calçadas, que deveriam ser proibidos em qualquer hipótese.

Calçada deveria ser exclusividade dos pedestres.

É disso que os novos titulares da AMC e da Semam precisam cuidar e não fazer promessas demagógicas que ele nunca vai poder cumprir e – se o fizer – o fará contra a lei, pois esta manda multar infratores de trânsito.

A propósito, na edição de sábado passado no O POVO, a coluna Política, assinada pelo jornalista Fábio Campos, mostrou que, na posse de Fernando Bezerra na AMC, seus convidados promoveram um verdadeiro festival de desrespeito às leis de trânsito e aos pedestres. [Foto acima, reproduzida da coluna “Política”.] Estacionaram em cima de calçadas e em fila dupla.

Foram os primeiros beneficiados do “multa zero”.

[Também comento o assunto em artigo publicado na edição de hoje do O POVO.]

Recomendado para você

3 Comentários

  • Davi disse:

    Caro Plínio, acabei de conhecer seu blog e fiquei surpreso e feliz por ter encontrado alguém que luta pelas pequenos casos de desrrespeito à lei no trânsito que muitos preferem fazer vista grossa. Gostaria de compartilhar um post que fiz em meu blog sobre o desrespeito que ocorre diariamente na Rua Afonso Celso, na Aldeota. http://ehdavi.blogspot.com/2009/06/o-curioso-caso-de-afonso-celso.html

    Parabéns pelos posts. Acabou de ganhar um novo leitor via rss

  • Davi disse:

    E lembrando a parte “Calçada deveria ser exclusividade dos pedestres” gostaria de citar o caos e desrespeito que ocorre no bar/restaurante Barola localizado na Av. Pe. Antônio Tomáz quase esquina com a Av. Virgílio Távora, onde vários carros costumam estacionar em cima da calcaça em frente ao estabelecimento. O interessante é que o Ronda do Quarteirão sempre dá uma passada por lá e não aciona o órgão responsável. Como se fosse adiantar algo, né?

  • isadi disse:

    Cmamarada Davi, pelo jeito esse novo presidente da AMC não está muito preocupado com a fiscalização de passeios, bares e vagas de deficiente. Acho que no lugar de um técnico como alardearam, veio um político louco para agradar seus correligionários.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *