Plínio Bortolotti

Washington Post põe o leitor no centro de tudo

O jornalista Carlos Castilho, em seu blog Código Aberto, escreve um interessante artigo sobre como The Washington Post “resolveu apostar a sua sobrevivência, como empresa, na valorização dos leitores”.

Castilho informa que o jornal americando “decidiu transformar a participação do público no seu objetivo estratégico na guerra por audiência no disputadíssimo mercado de oferta de informações na internet”.

Seu novo modelo de publicação de comentários de leitores na página Web  “é inédito na internet, custou vários milhares de dólares e cria um padrão novo em matéria de relacionamento entre jornalistas e o público”.

Os comentários passarão a ser agrupados por importância, de acordo com referência a ele, e não mais por ordem cronológica. Uma das consequencia é que um bom texto do leitor pode ganhar mais destaque do que o texto original, produzido pelo jornalista.

Vale a leitura na íntegra do artigo de Castilho, onde também se poderá ver como ficará o novo modelo de página da web do Washington Post.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *