Plínio Bortolotti

Prainha do Canto Verde: regata e turismo comunitário

Prainha do Canto Verde 1A Prainha do Canto Verde, normalmente quieta e tranquila, agitou-se neste domingo com a XV Regata Ecológica, a festa anual que reúne toda a comunidade da pequena vila de pescadores.

A regata deste teve um caráter especial: depois de 30 anos de luta, em maio, foi assinado pela presidente Lula a lei que transformou o local em Reserva Extrativista [Resex]. A luta da comunidade iniciou-se quando uma imobiliário quis expulsar os moradores do local.

Na Prainha do Canto Verde, 120 km de Fortaleza,  pratica-se o turismo comunitário, com pousadas pequenas [simples, limpas e bem arrumadas], com boa comida e preço justo.

Ah, sim, vim embora antes de saber o resultado da regata, mas é o que menos importa: lá vale a máxima que o importante é competir. Ao término, há uma grande confraternização entre os concorrentes: pescadores que se divertem mostrando a habilidade que desenvolvem no trabalho.

Para saber mais sobre a Prainha do Cano Verde.

[Recomendo apenas para quem quer tranquilidade: à noite não há absolutamente nada para fazer, a não ser que você esteja bem acompanhado(a); também não existe zoada na praia. O grande número de pessoas que se vê na foto é devido à regata, que atrai quase toda a comunidade e faz aumentar o número de visitantes]

Veja mais fotos.

Canto Verde 2

Canto Verde 3

Canto Verde 4

Prainha do Canto Verde 5

Canto Verde 7

Recomendado para você