Plínio Bortolotti

A mulher que se apaixonou pela imagem de Cristo

Quando eu digo que o “realismo fantástico” perde é longe para realidade ela mesma que vejo pelo interior, vocês podem não acreditar, mas vejam se não tenho razão, com mais essa história real, acontecida em Santana do Cariri. E essa nem é tão longe assim, no tempo. Aconteceu na década de 1960 ou 1970.

Zé Pereira diz que uma moça, hoje uma senhora, apaixou-se por uma imagem de Cristo. Um dia, ela foi surpreendida na Igreja de Senhora de Santana erguendo as vestes da imagem, o que se tornou um escândalo sem tamanho na cidade.

Um ano depois, durante uma tempestade, um raio destrói o altar e a imagem objeto da paixão.

Os fiéis resolvem então fazer um altar em pedra, que está lá até hoje. História contada e afiançada pelo Zé Pereira.

[Para ler todos os posts sobre o assunto clique abaixo em “Roteiro de férias”.]

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *