Plínio Bortolotti

Jornalista que atirou os sapatos em Bush é convidado ao congresso da Abraji

“Eu vi soldados americanos matarem até crianças em jardins de infância. Muitas vezes tive que abandonar a caneta e meu crachá porque era muito perigoso trabalhar como jornalista naquele ambiente”.

As palavras acima são do jornalista iraquiano Munthader Al Zaidi, aquele que jogou os sapatos no então presidente George Bush, quando este visitou o Iraque, em 2008.

Al Zaidi falou no 6ª Conferência Global de Jornalismo Investigativo, em Genebra.

Suas palavras foram colhidas por Marcelo Moreira, vice-presidente da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. No texto escrito por Moreira Al Zaidi diz ter sido torturado quando esteve preso, mas que não tem ódio do povo americano – e sim de seu exército.

O diretor da Abraji diz que Al Zaidi se torna “uma atração à parte”, mesmo entre jornalistas.

Moreira convidou-o para participar do congresso da Abraji, que será em julho em São Paulo. Al Zaid aceitou, dizendo no ouvido de Moreira:  “Não gosto muito de falar, mas adoro futebol”.

A matéria completa pode ser vista aqui.
Outras informaçãoes sobre o congresso de jornalismo investigativo, por Marcelo Moreira, no portal da Abraji.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 2 =