Plínio Bortolotti

Poste lixeira, a mais nova invenção no caos urbano de Fortaleza

755 1

Esquina das avenidas Santos Dumont com Desembargador Moreira, no coração da Aldeota: faltam educação, lixeiras e manutenção

A atenta Mariana Lazari, estudante do curso de Jornalismo da UFC, estagiária do O POVO, mandou-me a foto e o texto

«Esta proteção de poste quebrada, na esquina das avenidas Santos Dumont e Desembargador Moreira, “se transformou” em lata de lixo. E, exatamente por estar quebrada, os diversos panfletos – constantemente distribuídos aos pedestres no cruzamento – acabam sujando a rua. Faltam lixeiras, educação e manutenção.»

Comentário

1. A obrigação de consertar a proteção do poste quebrada deve ser da Coelce [a propósito, que coisa horrorosa são essas “proteções” de poste, não?]

2. De fato, faltam lixeiras, educação e manutenção, como diz Mariana.

3. E, acrescento eu, de um projeto que ponha um pouco de ordem no caos urbano desta Fortaleza, terra de ninguém.

Recomendado para você