Política

O estranho sumiço de Vitor Valim na convenção de Wagner

462 6
Sessão especial para votação do parecer do dep. Jovair Arantes (PTB-GO), aprovado em comissão especial, que recomenda a abertura do processo de impeachment da presidente da República. Deputado Vitor Valim (PMDB-CE)  Data: 17/04/2016 Foto: Antônio Augusto/ Câmara dos Deputados

Sessão especial para votação do parecer do dep. Jovair Arantes (PTB-GO), aprovado em comissão especial, que recomenda a abertura do processo de impeachment da presidente da República. Deputado Vitor Valim (PMDB-CE)
Data: 17/04/2016
Foto: Antônio Augusto/ Câmara dos Deputados

Uma ausência chamou atenção no evento que lançou Capitão Wagner (PR) à Prefeitura de Fortaleza neste domingo. Nome mais popular do PMDB na Capital e que chegou a ser pré-candidato da sigla na eleição, o deputado federal Vitor Valim não participou do evento que selou aliança entre peemedebistas e Wagner nas urnas.

Nos bastidores, ninguém soube explicar precisamente a ausência do peemedebista. Um dos maiores defensores de que o PMDB tivesse candidatura própria na Capital, Valim chegou a articular migração para o PSC para entrar na disputa. Em junho, no entanto, ele chegou a ser anunciado candidato da PMDB para a eleição deste ano.

O próprio deputado, no entanto, descartou entrar na disputa logo após o anúncio. Tudo porque ele teria apresentado, fora do prazo da Justiça Eleitoral, programa de televisão, o que o tornaria inelegível. É no mínimo estranho, no entanto, que um político experiente como Valim tenha simplesmente “esquecido” da questão do prazo.

Na fofoca política, se cogita se o deputado possuiria algum acordo com Capitão Wagner ou algum outro pré-candidato do PMDB. Em todo caso, relação entre o peemedebista e cúpula do partido no Ceará não parece a das melhores.

Recomendado para você

6 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *