Política

Odorico evita comentar processo de cassação de Bolsonaro: “Tenho que analisar”

402 5

Relator do processo disciplinar contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no Conselho de Ética da Câmara Federal, o deputado Odorico Monteiro (Pros-CE) preferiu não se pronunciar sobre o tema antes de divulgar seu parecer.

Odorico Monteiro prefere evitar comentar caso Bolsonaro (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO)

Odorico Monteiro prefere evitar comentar caso Bolsonaro (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO)

“Como relator, eu só posso me manifestar depois de apresentar meu parecer, agora estou naquela fase de que tenho que analisar os processos”, afirmou o parlamentar em entrevista ao programa O POVO no Rádio, apresentado pelo jornalista Luiz Viana.

O processo que pode levar à cassação de Bolsonaro foi aberto após suposta apologia à tortura feita pelo parlamentar na votação do impeachment de Dilma Rousseff (PT) na Câmara. Na ocasião, o parlamentar elogiou o coronel Carlos Brilhante Ustra, morto em 2015, o primeiro militar brasileiro a responder por processo de tortura durante a ditadura.

Na entrevista, realizada na manhã desta quinta-feira, 18, Odorico preferiu não comentar nada sobre o assunto. Ele tem até o dia 31 de agosto para apresentar parecer. Depois disso, há uma votação dentro do Conselho para depois haver o pleito no Plenário da Casa.

Recomendado para você