Política

Candidatos de Fortaleza já arrecadaram mais de R$ 4 milhões para campanha

293 1

Em menos de um mês de campanha, os candidatos à Prefeitura de Fortaleza já arrecadaram, juntos, R$ 4.120.295,15 milhões em doações. A maior parte delas, no entanto, foi feita pelas legendas e não por eleitores. Proibida a doação de empresas, os postulantes deverão gastar bem menos do que o teto estabelecido de R$16.131.037,13.

Capitão Wagner é o candidato com mais recursos para campanha (Foto: Divulgação / AL-CE)

Capitão Wagner é o candidato com mais recursos para campanha (Foto: Divulgação / AL-CE)

Quem mais tem recursos disponíveis é o nome do PR, Capitão Wagner. Na coligação “Juntos somos mais”, composta pelo PR, PMDB, PSDB e Solidariedade, praticamente todo o recurso foi recebido das legendas. O candidato a vice Gaudêncio Lucena (PMDB) fez doação de R$100.000,00 e uma eleitora, Renata Vasconcelos Lima, doou R$ 20.

Depois de Wagner, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) é quem mais tem receita disponível para a campanha. Ele tem R$1.589.500,00, dos quais R$469.500,00 são de doações de pessoas físicas.

Dois candidatos ainda não prestaram contas da campanha: Francisco Gonzaga (PSTU) e Tin Gomes (PHS). No site do Tribunal Superior Eleitoral TSU), ambos estão com os valores zerados, como se nada tivesse sido recebido nem gastado.

1 comentário

  • apiano morais disse:

    E quais foram as empresas que investiram nos nossos amiguinhos? Essa nova lei só disfarça os investimentos.

    O Grupo Aço Cearense era um disciplinado doador de campanhas. Nas eleições de 2014, a empresa doou 1,8 milhão de reais a partidos (PMDB e PROS) e 880.000 reais a seis candidatos, entre os quais o governador Camilo Santana (PT), cabo eleitoral de Roberto Cláudio, e o senador tucano Tasso Jereissati.

    Em 2012, 2 milhões de reais saíram da empresa para os caixas de campanhas, incluindo os 350.000 reais a Cláudio e 50.000 reais ao PSD cearense. O valor total doado pelo grupo em 2010 foi de 2,4 milhões de reais, divididos entre 702.500 reais a candidatos e 1,7 milhão de reais a partidos. Já em 2008, a empresa distribuiu 551.500 reais a candidatos e 390.000 reais a legendas.

    Após uma semana em campanha, o prefeito de Fortaleza já informou à Justiça Eleitoral ter recebido 1.020.000 reais em doações. Além dos 250.000 reais doados a Roberto Cláudio pela família à frente do Grupo Aço Cearense, outras 453 doações de pessoas físicas, com valores entre 450 e 5.000 reais, num total de 770.000 reais, foram despejadas em sua campanha pelo diretório municipal do PDT em Fortaleza.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *