Política

“Temos esperança de requalificar o Teatro São José”, diz novo secretário de Cultura

404 2
Secretário de Cultura diz que reforma do Teatro São José será prioridade (Foto: Divulgação/ CMFOR)

Secretário de Cultura diz que reforma do Teatro São José será prioridade (Foto: Divulgação/ CMFOR)

A reforma do Teatro São José, no Centro da Cidade, será prioridade na pasta de Cultura, segundo o novo secretário Evaldo Lima. O titular foi empossado nesta segunda-feira, 2, em cerimônia no Paço Municipal comandada pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT).

“A gente vai tentar retomar os projetos que estiveram parados, a exemplo do Teatro São José, nós temos esperança de requalificar aquele espaço”, disse. O gestor, no entanto, ponderou quando questionado se a reforma do Teatro termina este ano. “Primeiro eu preciso tomar conhecimento de como está o processo, como estão os repasses, mas o Teatro São José é prioridade”, afirmou.

A reforma do Teatro São José começou ainda em 2015, e sua inauguração estava inicialmente prevista para acontecer em abril de 2016. Com atraso, as obras só começaram em agosto do ano passado, mas seguem em passo lento. Não há nova data agendada para a entrega.

O equipamento, que está fechado desde que foi desapropriado pelo poder municipal, em 2010, foi protagonista de polêmicas durante o último pleito municipal, quando adversário de RC afirmaram que a reforma não estava acontecendo. Na ocasião, a reportagem do O POVO chegou a visitar o espaço e constatou que as obras haviam sido iniciadas, embora com atraso.

Casa Barão do Camocim

Evaldo foi reeleito como vereador, mas se licenciou do cargo para assumir a pasta. O ex-líder do prefeito na Câmara Municipal também falou sobre a Casa do Barão de Camocim, também no Centro da Cidade, que estava sediando a edição de 2016 da Casa Cor Ceará.

“Temos que discutir o significado da Casa do Barão do Camocim, precisamos pensar como equipar aquele espaço, como centro cultural, como centro de artes visuais e como um espaço de identidade das várias linguagens culturais da Cidade”, antecipou.

Recomendado para você

2 Comentários

  • Costa disse:

    Derrubem e plantem árvores que façam sombra. É mais útil.

  • João Luiz Pereira Tavares disse:

    2017

    Ano passado houve fato BELO sim, apesar de Grazziotin falar que não, assim:
    “O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas”, diz Grazziotin.

    PELO MENOS 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para início de horizonte progressista do Brasil. 
Eis o fato:

    — «Adeus querida».

    Acontecimento SUI-GENERIS!

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *