Política

Projeto que quer instalar microchips em animais é aprovado na Câmara Municipal

576 13

Célio Studart é o autor do Projeto de Indicação (Foto: Reprodução / Facebook)

De autoria do vereador Célio Studart (SD), Projeto de Indicação que dispõe sobre a instalação de microchips de identificação em animais é aprovado na Câmara Municipal de Fortaleza nesta quinta-feira, 16. O objetivo da instalação dos microchips é facilitar a localização de animais abandonados e perdidos e identificar donos que tenham abandonado seus bichos de estimação.

Terão preferência na instalação do microchip, os animais que forem castrados pelo poder público em seus programas de castração ou os animais que possuírem donos considerados de baixa renda.

Diferente de uma Lei Ordinária, o Projeto de Indicação, mesmo tendo sido aprovado pela Casa, pode não ser cumprido pelo Prefeito Roberto Cláudio (PDT). Ele será enviado ao chefe do Executivo, que decide se vai, ou não, colocá-lo em prática.

De acordo com Célio Studart, compreende-se, para efeitos desta Lei, o microchip como um microcircuito eletrônico contendo um código único e rastreável, possibilitando o cadastramento e a localização dos animais cm caso de abandono, necessidade ou perda.

“O projeto visa estabelecer uma parceria público-privada, para custear esses microchips, buscando desonerar a máquina pública. O microchip deverá ser instalado por um médico veterinário, sem anestesia geral e sem gerar maiores dores ou danos aos animais. A instalação dos microchips deverá ser de maneira gratuita para os moradores em eventos devidamente realizados para esse fim”, afirmou.

Recomendado para você

13 Comentários

  • João Aurélio disse:

    Grande decepção o vereador mais votado. Se preocupa mais com os animais do que com as pessoas.
    Devia ser nomeado superintendente do jardim zoológico.

    • Eduardo Costa disse:

      João Aurélio, se você tivesse ficado calado, eu não saberia se é burro, mas como você escreveu, agora tenho certeza….
      Os animais são seres vivos e merecem proteção do poder público, até porque a falta de controle de doenças, que é obrigação do poder público, pode se tornar um caso de saúde pública, que atinge diretamente os seres humanos….

    • hannah disse:

      Desde o início da campanha como candidato ele sempre prezou e zelou pelos animais. E quando finalmente há alguém que olhe por eles que sã tão indefesos, nós vemos comentários do tipo o seu. Quem tem que olhar mais para as pessoas é o prefeito, que infelizmente, foi reeleito. ¬¬

    • Rosana fernandes disse:

      Entao voce deve estar bem mal informado tem muitas coisas que ele tem feito pelos humanos tambem.Procure se informar melhor

    • rosane disse:

      Pelo menos ele se preoculpa com os. Animais…quem mais faz por eles se nao for uma pessoa que seja sensivel a causa?? E uma vida e sente fome.sede medo e e mais leal.do que certo seres desumanos..fico indignada quando as pessoas exploram os ani.ais.cpmo.os burros e jumentos de cargas alem.de.levar o ani.al.que vai em.cima wue escravisa apanham e muito…por isso ele.esta de parabens
      ..continue assim celio

    • osvaldina disse:

      Nossa que imbecilidade a sua viu sr.João

  • claudio disse:

    Quer menos impostos aumentando a despesa do estado. Esse tem noção das coisas. Decepcionante.

  • ELIVÂNIA disse:

    TUDO BEM , ESTÁ CERTO EM SE PREOCUPAR COM OS ANIMAIS,MAIS POR QUE NÃO CONSTRUIR UM CENTRO DE CONTROLE DE ANIMAIS QUE REALMENTE FUNCIONE OU UMA CASA DE ABRIGO??

  • Cristiane disse:

    Vereador meus parabéns estou orgulhosa da sua iniciativa de fazer algo pelos animais que são seres inocentes a mercê da falta de sensibilidade das pessoas.
    A quantidade de animais abandonados nas ruas é assombrosa, a iniciativa pública deve sim intervir para coibir o abandono dos animais. Além de crime é uma maldade sem precedentes.
    Apoiada a iniciativa

  • Joana Darc disse:

    Parabéns, vereador! Uma cidade não é considerada humana e civilizada quando os gestores permitem abandono, maus tratos, impunidade e crueldade com os animais. O que as pessoas precisam saber é que a fronteira entre quem maltrata um animal e uma pessoa psicológicamente adoecida é a mesma coisa.

  • ANTÔNIO LUCIANO disse:

    Devia colocar primeiro em crianças, para evitar sequestros e desaparecimentose. Quando a lei sair vou cadastrar meu filho para uma vaga ou desistência de algum animal do vereador!

  • Se for para não fazerem cocô nas calçadas, nas ruas, nas praças, que se tornaram banheiro, está aprovado.

  • Antônio disse:

    O prefeito de Fortaleza sujeitou a população a uma sentença de morte quando surrupiou,tungou, o dinheiro do ICC.Um vereador desse tipo não deu um pio em favor do povo,e ainda vem com esse negócio de microchip.É zombar demais do povo pobre de Fortaleza.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *