Política

Após polêmica em comissão na Assembleia, Osmar Baquit anuncia que vai deixar o PSD

320 1

Aliado de Camilo, o deputado vai esperar a janela partidária para trocar de legenda

Depois de a Comissão Executiva Estadual do PSD tentar notificar, na última segunda-feira, 12, o deputado Osmar Baquit, com objetivo de reconduzir o deputado Leonardo Araújo (PMDB) à liderança do bloco PSD-PMDB-PMB, o ex-secretário de Camilo anunciou, nesta terça-feira, 13, que vai deixar o partido.

Após deixar a pasta da Agricultura para ajudar o governo na Assembleia Legislativa em votações como a Proposta de Emenda à Constituição que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), o deputado acabou substituindo Leonardo Araújo na Comissão de Constituição e Justiça e Redação (CCJ) e na relatoria da PEC do TCM.

Dra Silvana nega cooptação do governo e se diz contra PEC do TCM

Oposição sofre baque e clima na Assembleia Legislativa é de guerra

Com base no regimento partidário, a legenda tentou notificar o deputado que recusou assinar o documento. “O documento mandava que eu acatasse a liderança do deputado Leonardo Araújo. Eu estou assumindo a CCJ por indicação da dra Silvana que foi indicada pelo bloco”, disse.

“Estou esclarecendo que não recebi a notificação até pela ilegalidade do documento que foi colocado”, afirmou alegando que não havia ata de reunião nem autenticação.

Aliado do governador Camilo Santana, o deputado afirmou que vai aguardar a janela partidária para deixar a agremiação. “Quando a janela abrir, e é a lei, eu sairei por falta de harmonia. Não estou aqui baixando do o nível, acusando A ou B, quem está certo ou quem está errado”, argumentou.

Recomendado para você

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 12 =