Política

Patrimônio de Aécio Neves cresce duas vezes e meia desde eleições de 2014

Tucano Aécio Neves é candidato a vaga na Câmara dos Deputados (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Candidato a deputado federal pelo PSDB de Minas Gerais, Aécio Neves fez pedido de registro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Réu na Lava Jato sob a acusação de pedir propina de R$ 2 milhões ao dono da JBS, Joesley Batista, o tucano declarou patrimônio de R$ 6.152.994,66.

Comparado à quantia informada pelo então candidato à Presidência da República em 2014, o valor aumentou 2,5 vezes, desconsiderada a taxa de inflação no período.

Quatro anos atrás, antes de as revelações da Lava Jato virem à tona, como as gravações nas quais Aécio discute repasse de propina, a fortuna pessoal do candidato era de R$ 2.503.521,81.

Em 2010, quando Aécio se candidatou ao Senado por seu estado, o espólio do concorrente era de R$ 617.938,42.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.