Política

Manuela D’Ávila discute com metalúrgico ao ter discurso interrompido

Manuela-Haddad

Manuela é virtualmente candidata a vice, já que a candidatura de Lula (PT) foi barrada no TSE (Foto: Ricardo Stuckert)

A deputada estadual Manuel D’Ávila (PCdoB-RS), virtual candidata a vice-presidente na chapa do PT, envolveu-se em confusão em ato na porta de uma indústria metalúrgica, nesta quarta-feira, 5, em São Paulo.

Após ser interrompida por um trabalhador da fábrica enquanto discursava sobre crise no setor de metalurgia, Manuela respondeu e casou mal-estar entre os presentes e teve de ser contida por apoiadores de Fernando Haddad (PT), que também esteve presente.

Identificado pela Folha de S. Paulo como Denis Gregório, o operador de máquinas acusou a gaúcha de mentir e afirmou que ela “luta por uma causa perdida”. Gregório ainda declarou voto em Jair Bolsonaro (PSL).

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *