Política

Ibope mostra que onda “bolsonarista” não se formou entre o eleitorado

3476 9

Ibope mostra quadro na disputa presidencial semelhante ao apontado na última segunda-feira (Foto: montagem)

Nova rodada do Ibope mostra resultado semelhante ao da última segunda-feira, 1º/10, quando o instituto divulgou pesquisa, mas com algumas pequenas diferenças.

Geraldo Alckmin derrete mais um ponto, indo a 7%, resultado que enterra de vez as pretensões do tucano de ir ao segundo turno da disputa e acelera a fuga de aliados, que já discutem abertamente os apoios num eventual segundo turno.

Ciro Gomes (PDT) oscila negativamente e vai a 10%.

Do quadro anterior, o novo levantamento guarda algumas constantes.

Marina Silva (Rede), por exemplo, permanece com os mesmos 4%.

E a dupla Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) segue na dianteira, com 32% e 23%, respectivamente.

O petista oscilou dois pontos e o militar, um. Bolsonaro tem 38% dos votos válidos e Haddad, 28%.

O levantamento, terceiro a ser divulgado na reta final da campanha, consolida a hipótese de segundo turno.

Para o ex-prefeito de São Paulo, o resultado deve trazer algum alívio, mas não muito.

Afinal, se Bolsonaro não disparou, o que a pesquisa anterior parecia sugerir, manteve sua trajetória ascendente, ainda que dentro da margem de erro.

Para o deputado federal, preocupam as simulações de segundo turno, nas quais o candidato perde ou empata, mas não ganha de nenhum adversário.

Contra Haddad, Bolsonaro tem 41% ante 43% do petista, cenário que configura empate técnico.

A quatro dias das eleições, a se manter essa taxa de progressão dos líderes, uma disputa entre os dois na fase seguinte da corrida eleitoral só seria evitada por algo totalmente fora do roteiro.

A tríplice aliança entre Alckmin, Ciro e Marina, por exemplo, chamada jocosamente de “Alcirina”.

Com nome de remédio, porém, a composição teria efeito incerto na intenção de servir de cura à polarização política.

Por uma razão: precisaria contar com a aceitação tácita de todos os eleitores dos três candidatos. Uma possibilidade de fato remota.

O mais provável é que a mistura entre os três candidatos, exdrúxula sob o ponto de vista do eleitorado, acabasse por desidratá-los ainda mais.

Recomendado para você

9 Comentários

  • Sérgio Rodrigues Moura disse:

    O Ibope não tem credibilidade, nenhuma nas pesquisas quê faz, já ficou provado isso.

  • Sérgio Rodrigues Moura disse:

    Não tem credibilidade as pesquisas, feita pelo Ibope!!!!

  • Francisco Silva disse:

    Alguém em sã consciência anda acredita nesse IBOPE?

  • Veronica Pontes disse:

    Uma vergonha do meu pais é ter um subpolítico como esse Bolson. Preconceituoso, discriminador, só ataca minorias. E ainda anda mal acompanhado de figuras nefastas, como esses generais da pesada. Eu estou com ódio de ter de votar no PT no segundo turno, mas não tem jeito, senão essa praga ganha. Vou fazer o que o Caetano Veloso e o Chico Buarque recomendam. Esse louco iria fazer muito mal “a América Latina se fosse eleito. Brizola estivesse vivo iria desmoralizar esse projetinho de ditador.

  • Eduardo Goes disse:

    Prezado, essa pesquisa do IBOPE divulgada hoje é mais antiga do que a do Datafolha divulgada ontem. Os dados da pesquisa IBOPE de hoje foram coletados nos dias 01 e 02 de outubro, a do Datafolha foi coletada toda no dia 02 de outubro. Então, a do Datafolha é mais recente e reflete melhor a realidade, ou seja, que Haddad começou a cair, pois é um político sem carisma e sem força de expressão.

  • Buiu disse:

    Alcirina:

    O Alckmin vestido com as roupas horríveis da Marina, a Marina falando palavrões, que nem o Zé guela, e o Ciro todo almofadinha, que nem o santo do pai oco…
    Kkk.

  • Joana disse:

    Não se formou?! Kkkkkk
    Pq ele não para de crescer desfazendo todas as análises dos brilhantes cientistas políticos sobre ele ter um “teto”?! Que me lembro diziam ser os 10%!!!
    Ele sim! 1° turno!

  • Francisco Simeão dos Santos disse:

    Depois dos resultados de pesquisa de 2014 apontados pelo o Ibope como também do data folha e com as colocações do presidenciável Ciro Gomes sobre um dos donos de um desses instituto, acho que a credibilidade dos mesmos foram colocados em xeque.

  • Pedro Wilson disse:

    Como diria o maior Presidente que este país já teve: “Essa onda é só uma MAROLINHA”. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *