Política

Terceiro colocado nas pesquisas, Ciro Gomes encerra campanha no Ceará

Presidenciável Ciro Gomes faz campanha no Ceará neste sábado (Foto: Agência Brasil)

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) encerra sua campanha no Ceará neste sábado, informou a assessoria de imprensa do candidato.

O pedetista, que aparece em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, atrás de Jair Bolsonaro (PSL) e de Fernando Haddad (PT), faz carreata amanhã, às 9 horas, na avenida Senador Carlos Jereissati, em Fortaleza.

Às 16 horas do mesmo dia, o ex-ministro tem agenda em Sobral, com caminhada na avenida John Sanford. A cidade é governada pelo seu irmão, Ivo Gomes.

No domingo, Ciro vota na sede da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, na Praia de Iracema, às 9 horas.

A dois dias da votação, o ex-governador ainda tenta se viabilizar como terceira via à polarização entre Bolsonaro e Haddad. No Datafolha divulgado nessa quinta-feira, o militar tem 35% das intenções de voto, ante 21% do petista e 11% de Ciro.

Durante atividade de campanha nesta sexta-feira no Rio de Janeiro, o presidenciável voltou a falar numa virada.

Ele então lembrou das eleições de 2014, quando, a esta altura, a candidata Marina Silva, que assumira a vaga de Eduardo Campos na disputa, se cacifava para ir ao segundo turno contra Dilma Rousseff.

Marina, todavia, acabou ultrapassada por Aécio Neves (PSDB) nas últimas horas da disputa.

“Eu nunca perdi no meu lugar (Ceará), nunca, nenhuma vez, e tenho honra, felicidade e gratidão por isso”, falou Ciro ao Estadão. “E o Haddad disputou a última eleição há menos de dois anos e perdeu para um farsante como o Doria (João Doria, do PSDB, candidato ao governo de São Paulo neste pleito) em todas as zonas de São Paulo.”

Ciro ainda afirmou que, embora não seja “má pessoa”, o petista “não tem a energia, não tem a autoridade que é a marca para enfrentar essa onda fascista que quer tomar conta do Brasil”.

No Nordeste, Haddad lidera na preferência do eleitorado, com 42%, segundo números do Datafolha.

Em seguida vêm Bolsonaro, com 23%, e Ciro, com 18%.

Durante a campanha, o presidenciável do PDT tem recorrido aos bons números do Ceará na área da educação como trunfo contra seus adversários.

Sobral, município onde Ciro encerra a sua campanha no primeiro turno das eleições, concentra parte das escolas mais bem avaliadas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *