Política

Desde o início da votação, 16 pessoas foram detidas por boca de urna ou compra de votos

Sede-PF

As principais ocorrências são de compra de votos e boca de urna (Foto: Thiago Paiva/ O POVO)

A Polícia Federal divulgou boletim atualizado das ocorrências eleitorais em Fortaleza e Região Metropolitana. Das 8 horas até o início da tarde, foram 10 ocorrências envolvendo 16 pessoas presas ou conduzidas até a sede da PF, no bairro Fátima. Os crimes eleitorais são boca de urna e compra de votos.

Das 10 ocorrências, sete foram em bairros de Fortaleza – Jardim União, Parque Dois Irmãos, Lagoa Redonda, Alvaro Weyne, Messejana, Aerolândia e Passaré – e três na Região Metropolitana de Fortaleza – Pacatuba, Maracanaú e Aquiraz.

Acompanhe a cobertura do O POVO em tempo real

O presidente do PSB em Pacatuba, Aldemir Cavalcante de Morais, foi um dos detidos pela PF. Ele foi flagrado, de acordo com policiais, junto de outra pessoa, no bairro Jereissati 2, tentando comprar votos. Com a dupla foram  apreendidos R$ 1.500 em dinheiro e material de campanha. Os dois estavam num transporte escolar.

Aldemir disse à reportagem que estava numa carreata, nesse sábado, 6, e que o material de campanha já estava dentro do transporte escolar e hoje foi votar no mesmo carro. O suspeito ainda afirma que o dinheiro é para uso pessoal.

No Passaré, casal foi preso dentro de uma caminhonete, modelo L-200, abordando pessoas e distribuindo santinhos do candidato a deputado federal Dr. Márcio, do PSL. A Polícia deteve o casal e apreendeu ainda R$ 200 trocados.

Dois homens foram presos no início da manhã na Capital por suspeita de boca de urna. Um no bairro Jardim União, portando “vasto material de campanha” do candidato a deputado estadual Salmito Filho (PDT), atual presidente da Câmara Municipal de Fortaleza. O outro foi autuado no bairro Parque Dois Irmãos e também portava materiais como santinhos e adesivos. Não foi informado de que candidato seria esse material.

 

(Com informações dos repórteres Lucas Mota e Thiago Paiva)

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *