Política

Filho de Bolsonaro diz que teve conta banida do Whatsapp após denúncias

O filho mais velho de Jair Bolsonaro, o deputado Flávio Bolsonaro (Foto: Agência Brasil)

Após o WhatsApp notificar extrajudicialmente empresas que disparavam pacotes de mensagens contra Fernando Haddad (PT) na rede social, prática considerada ilegal, o senador eleito Flávio Bolsonaro escreveu no Twitter que sua conta no aplicativo havia sido banida.

“A perseguição não tem limites!”, protestou o filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). “Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma.”

A resposta pode estar numa reportagem da Folha de S. Paulo publicada nesta sexta-feira.

Segundo a matéria, o Whatsapp baniu contas associadas às empresas que estavam enviando milhares de mensagens anti-PT, ação fraudulenta que constitui crime de caixa 2.

Na edição da Folha de ontem, o jornal mostrou que empresas pagaram até R$ 12 milhões em contratos de envios de mensagens a partir de bancos de dados fornecidos por terceiros, o que é vedado pela legislação eleitoral.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *