Política

Tabata rebate: “Meu voto pela reforma não foi vendido, é por convicção”

4441 7

Foto Agência Brasil

Deputada federal do PDT, Tabata Amaral (SP) reafirmou intenção de votar pela reforma da Previdência nesta quarta-feira, mesmo com ameaças de expulsão do partido.

“Meu voto pela reforma da Previdência não foi vendido, é por convicção”, disse a pedetista no Twitter. “A bancada da educação continua lutando pela manutenção da aposentadoria especial dos professores.”

Ontem, o presidente do partido, Carlos Lupi, afirmou que os filiados que votarem a favor do texto-base da Previdência serão alvo do conselho de ética.

Pelas redes sociais, o ex-presidenciável Ciro Gomes defendeu expulsão de correligionários que não seguirem a orientação da sigla, que fechou questão contra a reforma.

Ciro disse que o governo ofereceu emendas em troca de votos e chamou deputados pró-reforma de vendidos.

7 Comentários

  • Paulo Roberto Travassos Souza disse:

    Não é digna da tradição de Brizola, de Jango, de Getúlio, de Ciro Gomes, me envergonha, como deputada e filiada ao PDT. Fora, vai para o PSL!!!

  • Francisco Nicolau Silva disse:

    Vc acabou com o futuro do jovens do nosso país votando contra o seu próprio partido nem perecer está no partido dos trabalhadores e votou contra o homem do campo e nossos professores e mulheres do nosso país acho que vc fez uma grande besteira que vai ser arrebende lá mais na frente .

  • Monique disse:

    Até que eu simpática você.Mas vejo que é igual a todos.Deve estar com a conta bem gorda

  • Maria Augusta Leão disse:

    Concordo, porque antes essa verba liberada pra comprar deputados era chamada corrupção hoje é considerado normal é apenas repasse nada mudou continua a mesma palhaçada. A maioria estão preocupados com seu bem estar com seu próprio umbigo e os mais necessitados que se dane.

  • Edinaldo Moreira disse:

    Parabéns Tábata,você além de linda mostrou que tem personalidade e não se subordina a esses dinossauros da velha política que sempre prejudicaram o nosso país por defesa de suas próprias ideologias….

  • Amélia P. A. Marques disse:

    Deputada Tábata, reconheço sua inteligência e o tanto q lutou p estar aí ocupando esse espaço de poder. Porém admita sua inexperiência e o equívoco q cometeu, reconheça q ñ foi uma atitude justa para com a população mais pobre, estes ñ podem e nem devem pagar essa conta.
    Com esta atitude perdestes ñ só a minha admiração mas tb, a de milhares de pessoas! Vc ñ foi coerente, suas convicções estão equivocadas!

  • Flávio Telles Melo disse:

    Isso mesmo. Um voto de convicção contra os trabalhadores. Muito bem, Tabata, agora vou ter que trabalhar mais pra me aposentar e contribuir mais para previdência. Os mais ricos continuarão com seus privilégios garantidos. Tabata, por que será que o tal mercado (bancos, rentistas e multinacionais) tinham tanto interesse nessa reforma?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *