Política

André Figueiredo afirma que PDT em Juazeiro descumpriu regulamento interno após não comunicar aliança

Em reportagem do jornalista Luciano Cesário, veiculada na rádio O POVO CBN Cariri nesta tarde, o presidente estadual do PDT, André Figueiredo, reforçou que membros do diretório municipal do partido em Juazeiro do Norte desrespeitaram uma resolução interna do partido que determina a comunicação prévia ao diretório estadual no caso da intenção de comportar aliança com outras legendas. 

Na noite de ontem, após votação entre membros do diretório municipal do PDT em Juazeiro do Norte, Gilmar Bender retirou sua pré-candidatura à prefeitura para indicar apoio a Glêdson Bezerra (PMN) para prefeito da cidade. A decisão incomodou a direção estadual pedetista. 

Segundo Figueiredo, em regra, conforme resolução tirada em novembro de 2019, nos município entre 50 e 250 mil eleitores, a comunicação deve ser feita com antecedência de 10 dias.

“Fomos surpreendidos com essa notícia da convenção de ontem ter tomado a deliberação de se coligar com o Podemos e com o Pros sem ter sido uma comunicação estadual. Tivemos que tomar uma decisão rápida até por conta que hoje é o prazo limite para as convenções estadual. Por conta dessa decisão em Juazeiro não caberia outro caminho”, disse o dirigente.  

Apesar do desconforto, André descartou a expulsão de Bender do partido. Segundo o parlamentar, a relação tem chances de ser reconstruída. “Isso é uma relação a ser recomposta, o Gilmar é meu amigo pessoal, mas nós temos que ter uma disciplina partidária, princialmente, numa cidade importante como Juazeiro”, declarou.

 

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *