Política

Eleições Maracanaú: MPE questiona Júlio César Filho sobre escolha do nome de campanha “Julinho Líder do Camilo”

389 2

(Foto: Edson Júnior Pio/AL-CE)

O Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio da 112º Zona Eleitoral do Ceará, apresentou impugnação – ato de contestar ou questionar – da candidatura de Júlio César Filho (Cidadania), prefeiturável em Maracanaú. O processo foi aberto pelo promotor de justiça Nestor Alexandre de Souza Júnior e teve aval do MPE nesta segunda-feira, 5. Segundo o documento, o nome de campanha do candidato “JULINHO LÍDER DO CAMILO” remete a estruturas de poder do Estado, causando desequilíbrio no pleito.

“Ora, é de domínio público que CAMILO é o nome do governador do Estado do Ceará – Camilo Santana. E o “LÍDER DO CAMILO” vincula o candidato a cargo onde exerceu funções de relevância e destaque no Poder Legislativo do Estado, como um dos líderes da banca governista no referido parlamento”, afirma o parecer. Júlio César Filho está licenciado do cargo de deputado estadual da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), onde também atuava como líder do governo. 

Em nota, Júlio César explicou que a escolha pelo nome deu-se porque “somos reconhecidos na vida política assim”. “A referência à função desempenhada é pública e notória, sendo identificada pela população de Maracanaú, o meio político estadual e a imprensa”, escreveu.

Segundo o candidato, “Trata-se de uma expressão genérica, tal como ‘Delegado’, ‘Hospital’, ‘Cabo, ‘Educação’. Ao contrário do que foi questionado, o termo não apresenta uma referência a um órgão governamental, não havendo assim nenhum impedimento legal”. A campanha de Filho informou que a defesa referente ao questionamento sobre o nome utilizado na urna já foi encaminhada à Justiça.

Recomendado para você

2 Comentários

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *