Política

Servidores fecham acesso da Câmara Municipal em protesto contra Reforma da Previdência

429 7

Servidores da Prefeitura de Fortaleza e representantes de categorias municipais realizam protesto nesta quarta-feira, 17, na frente da Câmara Municipal de Fortaleza. Logo cedo, os manifestantes fecharam a avenida de acesso à Casa, em protesto contra projeto em discussão que promove mudanças no regime previdenciário do funcionalismo da Capital.

Funcionários públicos municipais protestam contra reforma da Previdência municipal. (Foto: Carlos Mazza/O POVO)

VEJA O QUE PROPÕE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA EM FORTALEZA, JÁ APROVADA EM 1ª DISCUSSÃO

Segundo Regina Cláudia, diretora do Sindicatos dos Servidores Municipais de Fortaleza (Sindfort), projeto de José Sarto (PDT) é um golpe em direitos dos servidores, “pior que a Reforma da Previdência do Bolsonaro”. Ela destaca ainda que o projeto não foi dialogado com as categorias, chegando “de surpresa” no Legislativo. Em cartazes na manifestação, aparece imagem equiparando Sarto a Jair Bolsonaro.

Funcionários públicos municipais protestam contra reforma da Previdência municipal. (Foto: Carlos Mazza/O POVO)

A base do governo diz que medidas aprovadas apenas adequam o município à regra aprovada pelo Congresso na Reforma da Previdência e que a Prefeitura pode ser punida sem as mudanças. Argumentam ainda que, sem mudanças, a previdência municipal baterá déficit de R$ 330 milhões só em 2021.

Recomendado para você

7 Comentários

  • Roberto silva disse:

    Os privilegiados de sempre. A conta dessa cambada sempre bate no bolso de quem não tem estabilidade. Pau nesses arruaceiros e reforma já.

    • Sidney disse:

      É verdade… Dá mesma forma que houve a reforma da previdência para quem não é servidor, é justo que aconteça com essa categoria. Devem voltar na estabilidade também. Muitos servidores trabalham mal.

  • João Lopes disse:

    Faltou a foto de gente aí, se é para colocar ladrões de direitos…

  • Rosângela N. Oliveira disse:

    Gente, é AMORAL, DESUMANA, esta reforma!
    O trabalhador de carreira,concursado,”pagar o pato” pelos desmandos, pela má gestão dos governantes : Prefeitos e vereadores!.A MÁQUINA ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA É “ABORROTADA” DE CARGOS COMISSIONADOS E TERCEIRIZADOS QUE NÃO RECOLHEM PARA A PREVIDÊNCIA do IPM! DAÍ,o déficit, a conta que NÃO fecha!

  • dino rangel disse:

    ou coisa bem feita, alem de que o sarto dobrou o numero de secertarias regionais e aumentou a remuneração do segundo escalao equiparando ao primeiro. BEM FEITO

  • José a Menezes disse:

    Nem começou já está querendo tirar DIREITOS dos funcionários públicos ESSE É dos Ferreira Gomes

  • João disse:

    Não abrimos mão de nossos privilégios, mesmo que para isso as gerações futuras não tenham o direito a aposentadoria.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *