Respirando Música

Eu respiro esse som: Banda Boogarins

 

Olá, galera! A série “Eu respiro esse som” continua e hoje sou eu que mostrarei um som que faz parte da minha playlist. E a equipe RM fez suas observações quanto a música que escolhi. Cola aqui porque a música deles é delicinha!

Boogarins começou com o Benke e o Fernando – que é quem canta e também toca guitarra -, amigos do Ensino Médio, e ouvintes dos sons como sixties em geral, tropicália e rock gaúcho. Boogarins é bem nova. O primeiro show oficial rolou em abril desse ano. A formação atual é um quarteto, com o Raphael no baixo e o Hans na bateria.

 

Consideram Boogarins meio “neo-psicodélica” e “pós-tropicália” que fazem um som “tipo Tame Impala”, sendo citada entre as revelações do ano de 2013. Vale a pena conferir o recém-lançado primeiro disco, “As Plantas que Curam”, é bom pra caramba!

A canção escolhida é a que mais curto: “Doce”

 

Vou tomar um doce amor
Por que não vem?
Encostar no por do sol
Prometo além

Além de onde os outros sempre estão
Pois o que li nos livros ou na mão
Não pode ser em vão

Vou viver o hoje amor
Contigo ou sem
Esquecer de toda dor
Que a vida tem

Fugir de onde os outros sempre vão
Pois o que li nos livros ou na mão
Não pode ser em vão

Vem, mas vem sem pensar em voltar
Ou me deixar
Pois no meu voo eu vou
Sem aterrizar

Veja a opinião dos nossos colunistas sobre o som dos caras:

Jéssica Nayanne: Armaria, ganhou meu coração na hora. A pegada meio retrô da música foi uma injeção de fofura nesta muié que vos escreve. Música para ouvir sozinha em casa, num bar ou no melhor lugar do mundo pra pensar na vida: dentro de um ônibus.

Nota: 10

Rodrigo Lima: Rapaz, lembrei um pouco de Beatles e um pouco mais de Renato e Seus Blue Baps hehe’ A letra é muito massa, a levada também. Pode representar várias coisas dependendo da interpretação. Gostei. É muito bacana o som. Vou procurar mais música deles pra ver se não errei na opinião.

Nota: 8,0

Thalita di Paula: Adorei a batida da música, meio Los hermanos, né? Toda bonitinha, com uma letra legal. “Vou viver o hoje. amor. Contigo ou sem. Esquecer de toda dor que a vida tem”. Quem nunca? Não conheço a banda, mas tendo como base essa música, ela entraria pra minha playlist tranquilamente.

Nota 8,0

David Varelo: Trilha sonora perfeita pra um final de sábado, na última noite de uma viagem de carro com os amigos. O som leva a gente para ficar balançando para lá e para cá, pensando naquilo que queremos, mas não sabemos ao certo. 

Uma viagem a um mundo de descobertas e viagens, se é que me entende.

Nota 7,0

 

Bem, acho que os meninos curtiram o som! E você?

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *