Sincronicidade

Insight

 

 

Nunca se cure demais, gente muito curada é gente muito chata.

                                                                                             Nise da Silveira

 

 

[Citado em: Ferreira, Martha Pires (Org.). Senhora das imagens internas: escritos dispersos de Nise da Silveira. Fundação Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro: 2008, p. 323.]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *