Veia Esportiva

Perfil. Conheça Emily Lima, a primeira técnica da Seleção Brasileira Feminina

Emily Lima foi apresentada oficialmente na última quinta-feira, 3, e deu sua primeira coletiva como técnica da Seleção Feminina. (Crédito: Kin Saito/CBF)

Emily Lima foi apresentada oficialmente na última quinta-feira, 3, e deu sua primeira coletiva como técnica da Seleção Feminina. (Crédito: Kin Saito/CBF)

A Seleção Brasileira Feminina agora é comandada por uma mulher, pela primeira vez na história da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A escolhida foi Emily Lima, que foi apresentada oficialmente na última quinta-feira, 3, e deu sua primeira coletiva à frente da Seleção.

Com aproximadamente um mês para treinar as meninas da Seleção, Emily enfrentará seu primeiro desafio em dezembro deste ano, no Torneio Internacional de Manaus, contra as equipes da Rússia, Itália e Costa Rica.

Emily tem 36 anos e é natural de São Paulo. Ainda criança começou a jogar futebol e sempre teve o apoio da família: sua mãe, Oneida, seu irmão Weber e de seu pai, Antônio. Aos 13 anos chegou à equipe do Saad Esporte Clube (SP). Passou pelo São Paulo (SP), São Bernardo (SP), Barra de Teresópolis (RJ) e Veranópolis (RS).

Em 2003, foi convidada a jogar na Espanha, onde atuou por cinco anos, até ir para a Itália. Devido a uma série de lesões no joelho, parou de jogar precocemente aos 29 anos. Como jogadora, Emily fez parte da primeira Seleção Brasileira Sub-17, em 1997. Na categoria principal, entretanto, jogou como volante da seleção portuguesa de 2007 a 2009.

Fora das quatro linhas
2010 – foi supervisora e auxiliar técnica da Portuguesa
2011 – foi convidada pelo Juventus para comandar o time feminino
2012 – foi treinadora em uma parceria entre o clube e o São Caetano

Estes anos de trabalho a credenciaram a chegar nas categorias de base da Seleção Brasileira. No início de 2013, Emily Lima foi anunciada como a primeira treinadora de uma equipe nacional, na ocasião comandou a Sub-17, que se preparava para disputar o Sul-Americano da categoria.

Em 2014, a comandante pediu desligamento para se dedicar exclusivamente à equipe de São José dos Campos, tradicional no futebol feminino. À frente da equipe paulista, Emily foi vice-campeã da Copa do Brasil 2016 no dia 27 de outubro, em confronto emocionante com o Audax. Além do Campeonato Paulista de 2015. Recentemente Emily fez o Curso Licença B da CBF Academy.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *