Ancoradouro

Jesus não ganha Doodle no Google

/ancoradouro/2012/12/25/13888/
6 Seja o primeiro a comentar

O rei do baião Luiz Gonzaga, o Nobel Bjørnstjerne Bjørnson´s e o comediante Ernie Coombes’, entre outras personalidades, tiveram direito a *doodle no gigante de buscas Google por ocasião de suas datas de aniversário. Mas o aniversariante do dia 25 de dezembro não foi lembrado pela ferramenta criada pelos amigos Larry Page e Sergey Brin.

Fac-símile da página do buscador Google

A imagem que o Google apresentou em seu doodle no dia de Natal, o nascimento de Jesus, se analisada com mais cuidado, é uma radiografia do que vive nossa sociedade. Apenas um amontoado de caixas de presentes com cores e formatos infantis, um bonequinho que lembra um quebra-nozes, um piu-piu, enfim. Uma representação pífia do real significado da data.

Já pensou na indelicadeza de uma pessoa que vai à uma comemoração de aniversário e registra apenas as imagens dos presentes e não fotografa o dono da festa? Pois é, foi isso que o Google fez e muitos em nossos dias.

Parece que é proibido falar o nome “Jesus”,justamente no dia que é Dele, o de seu aniversário. Para se referir ao Natal – o nascimento – acoplam os termos espírito, sentimento, clima, mas nada comparado ao que realmente o é, muito bem lembrado pelo arcebispo de Fortaleza Dom José Antonio na missa do Galo, o mistério do Natal.

Será que o nascimento do homem que dividiu o tempo antes e depois Dele não mereceria um rabisco na página do gigante de buscas? Será que a imagem da criança  que se tornou o salvador da humanidade comprometeria a conduta politicamente correta  do Google, ou ofenderia algum internauta?

Não sei, mas com o olhar de fé percebemos que a história do Menino Jesus se repete. Seu reinado, que embora não seja deste mundo, parece por medo há muitos gigantes e reis desta terra. Os pobres e humildes compreendem o essencial enquanto os que se incham de soberba não percebem a  grandeza do amor que se abaixa.

* “Doodle é uma palavra inglesa para referir um tipo de esboço ou desenho realizado quando uma pessoa está distraída ou ocupada. A palavra portuguesa é ‘rabisco’. São desenhos simples que podem ter significado concreto de representação ou simplesmente representar formas abstratas”. (Fonte: Wikipedia)

Recomendado para você