Ancoradouro

"Irmãos, naquela época não havia igreja protestante. Glória a Deus. Aleluia!" diz Ana Paula Valadão ao citar trecho da patrística

931 66
Ana Paula Valadão apresenta livro católico à membresia de sua Igreja

Ana Paula Valadão apresenta livro católico à membresia de sua Igreja

O blog chama a atenção para o vídeo que circula na  internet com  milhares de visualizações onde a cantora e pastora evangélica Ana Paula Valadão tem em  mãos o livro “Padres Apostólicos” da coleção Patrística, da editora Paulus, bastante conhecido no meio acadêmico católico.

Ao destacar as palavras de São Policarpo de Esmirna, endereçada a “todas as comunidades da Santa Igreja Católica”, Ana Paula Valadão explica aos presentes no culto: “Irmãos, naquela época não havia igreja protestante. Glória a Deus. Aleluia! Vamos aprender dos nossos pais” [você pode encontrar na escala de 2min 10s no vídeo abaixo].

Policarpo viveu entre os anos 70 e 150. Na época já era clara para os cristãos – que viviam perseguidos – as funções de Pedro, como papa, a devoção à Virgem Maria – estampadas nas catacumbas – e a unicidade da Igreja, formada por diversas comunidades, como lido pela cantora Gospel.

Para adquirir   a Coleção Patrística, volume Padres Apostólicos, clique aqui.

Muitos evangélicos ensinam que a Igreja Católica surgiu no ano de 318 com o Edito de Milão, lançado pelo imperador Constantino, a quem creditam o título de fundador da instituição. Os documentos e escritos dos primeiros séculos provam o contrário. A Igreja foi fundada por Cristo, guiada pelo Espírito Santo que inspirou Pedro e os sucessores dos apóstolos para este fim.

Basta ler para entender. 

Seria muito bom que os católicos demonstrassem o mesmo interesse em estudar as raízes de sua fé, assim como faz a evangélica Ana Paula Valadão.

Em tempo:  muitos estudiosos evangélicos ao se debruçarem sobre os estudos da patrística e primórdios do cristianismo retornaram à Fé Católica.

Assista ao vídeo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nNnTu8rePCc[/youtube]