Ancoradouro

Grito dos Excluídos traz crítica a "sistema" classificado de "insuportável"

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, a Arquidiocese de Fortaleza e as Pastorais Sociais  convocam  Paróquias, Comunidades, Grupos, Organizações e Regiões Episcopais para participar do 22º Grito dos  Excluídos  que acontecerá no dia 7 de Setembro, no Jangurussu.

Grito dos Excluídos.

Grito dos Excluídos.

Neste ano o evento acontece com o tema “Vida em primeiro lugar”, e o lema “este sistema é insuportável: exclui, degrada, mata!”.  De acordo com a coordenação nacional, “o Grito precisa continuar acontecendo, enquanto um exercício democrático e espaço para repercutir os diversos gritos sufocados ou silenciados, manifestando indignação diante de um sistema político e econômico que exclui e descarta a maioria da população da participação e decisão dos rumos do país, independente de partidos e governos”.

Programação:

  • 8h Concentração na Escola Delma Hermínia – (em frente a Escola na Perimetral)
  • Acolhida / animação / explicação do sentido do Grito/2016 / fala dos catadores/as e comunidade Jangurussu.
  • 8h30min Mística no caminho – Temáticas: Mulheres, Catadores/as e Povos indígenas. Responsáveis: Lilian, Socorrinha, Beth, Ioneide e Ir. Alberlândia.
  • 9h 1ª Parada no campo de futebol do Jangurussu – Tema: “Exclusão” (Dentro da Comunidade). Três falas de 5minutos cada
  • 10h 2ª Parada no cruzamento das Avenidas Perimetral e Castelo de Castro / Próximo ao CUCA – Extermínio da Juventude / Lei Antiterrorismo. Responsáveis: PJMP e Jovens Shalom (Márcia, Italo e Shirley) – 20min
  • 11h 3ª Parada na Capela de Santa Clara/Próximo ao ECOPONTO / São Cristóvão – Tema: Profetismo (Rede de Catadores/as, Questões Climáticas e Água) e Sinais de Vida (Pastorais Sociais, CEBs e o Movimento Social) – mostra das bandeiras que trazem sinais de vida.
  • – Reforço do abaixo-assinado
  • – Momento final: Partilha

 

Recomendado para você