Blog do Leão

Guarany 0x0 Fortaleza – Tarefa de gincana

63 18
*Sem legenda, pois nem isso deu pra encaixar

*Sem legenda, pois nem isso deu pra encaixar

 

 

 

Caros tricolores, se nós estivéssemos numa gincana escolar e uma das tarefas fosse assistir os noventa minutos desta peleja, pode ter certeza que esta seria a tarefa que valeria mais pontos ao realizador.

Mas faremos assim: vamos elaborar uma listinha de tarefas que poderiam ser cumpridas facilmente na gincana desta quarta pela equipe vermelha, azul e branca que disputava com a equipe vermelha e preta:

1 – Tocar a bola e dominar o adversário –  X – NÃO CUMPRIDA
2 – Ir à linha de fundo  – X – NÃO CUMPRIDA
3 – Fazer tabelas e jogadas de meio campo – X – NÃO CUMPRIDA
4 – Criar chances reais e claras de gol – X – NÃO CUMPRIDA
5 – Fazer gol  – X – NÃO CUMPRIDA

Desta forma a equipe comandada pelo professor Hemerson finalizou a gincana com a quantidade de pontos expressa pelo placar do jogo, e que também coincide com o nível em que se encontra a paciência do torcedor.

Viramos a chave pro Nordestão novamente, pois domingo não temos margem de erro na competição regional e temos que vencer o Moto Club.

A questão é: será que a diretoria, no decorrer da semana, lançará uma tarefa surpresa?
Oremos

Arrocha, Leão!!

 

Obs. Em respeito ao estado de espírito matinal e calmo do torcedor, este post não tem o vídeo dos “melhores” momentos da partida

 

Guarany 0 x 0 Fortaleza
Estádio do Junco – Sobral/CE
Arbitragem: Magno Cordeiro com assistências de Armando Lopes e Anderson Silveira.

Público: 1.198
Renda: R$ 10.255,00

GUARANY: Eliardo; Felipe Almeida, Waldson, Carlos Alberto e Jardel; Ricardo Baiano, China e Diego Mipibu (Ronaldo); William Crispim (Valtinho), Damião e Wanderley (Ivo Chilito) | Téc: Erasmo Forte.

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Jefferson, Heitor e Ligger; Gastón, Anderson Uchôa, Vacaria (Bruno Melo) e Leandro Lima; Gabriel Pereira (Juninho Potiguar), Vinicius Baiano (Lucio Flavio) e Wesley | Téc. Hermeson Maria