Blog do Leão

Fortaleza 2×1 São Bento – Vamo Batê Lata

803 27

De roupa nova e com gols de Marlon e Jussani, o Leão fez a festa na Arena. Foto: Julio Caesar ( O Povo)

 

Caros tricolores, missão dos 6 pontos em casa cumprida!

Agora vamos deixar que nossos representantes dentro do gramado se preparem para as duas batalhas fora de casa e vamos curtir a semana de uma maneira bem caleidoscópica.

As duas vitórias deram a tranquilidade e o combustível que a festa do centenário precisava pra pegar fogo. Os Paralamas do Sucesso vão tocar pra maior da capital e a caravana do amor então pra lá se encaminhará, seguindo o líder.

Mas voltando ao jogo desta terça contra o time do Marquinhos Santos, eu fui ao Castelão na esperança de ver uma vitória sem sufoco e o meu erro foi crer que está ao seu lado bastaria, mas que culpa tenho em não adivinhar que duas substituições por contusão impediriam o professor a fazer as mudanças que tanto ajudam no segundo tempo?

O show parecia começar. Até Marlon desencantou, e a bola que nunca olhava pra ele, que dizia sempre que não, finalmente se ofereceu nua e crua para seu novo Vital que passou a se sentir total. Jussani, o dono do jogo, fechou o placar da primeira etapa e parecia ali que o Bentão pegaria o beco.

Mas sem poder contar com as armas de sempre, principalmente Ederson, Rogério relembrava da janela tudo que viveu, e sabendo que o jogo não é filme algum, preferiu colocar Bonilha pra fechar o meio campo, garantir o resultado e ampliar a vantagem na tabela. A arte é de viver da fé, e agora mais que nunca o sonho é plausível.

Foi suado, devido as circunstâncias impostas pelo próprio jogo. Mas vamos em frente. A Série A tá ancorada ali no porto da felicidade. E eu tô doido pra entrar de gaiato nesse navio…

 

Simbora, Leão!!

Ah, eu e meu amigo Herbert Viana te esperamos sábado no Centro de Eventos. #FestaDoCentenario