Clube da Luta

Provocações e apostas esquentam o clima da luta entre Anderson Silva e Chris Weidman

Silva x Weidman - 6 de julho

Silva x Weidman – 6 de julho

O UFC deu uma pausa durante a Copa das Confederações. O Brasil ergueu a taça do torneio e, agora, é a vez de mais um brasileiro representar o país na volta da organização de MMA: Anderson ‘Spider’ Silva.

O dono do cinturão dos pesos médios sobe ao octógono para enfrentar a sensação e revelação de 2012, o americano Chris Weidman. Uma luta que já tem todos os temperos para um grande duelo. De um lado, o garoto em ascensão com nove vitórias na carreira. Do outro, o consagrado e um dos mais temidos lutadores do UFC.

Weidman está muito confiante para o duelo contra Spider. Até arriscou algumas provocações e quer respeito do campeão. “Ele (Anderson) seria um idiota de não me respeitar”, disse o Chris. Esse combate está esquentando o meio do MMA. Alguns lutadores se manifestaram sobre a luta. Para Georges St. Pierre, campeão dos meio-médios, Weidman vai vencer Silva. GSP já descarta até mesmo uma superluta com o brasileiro, confiando em sua derrota.

Outro que entrou no clima de provocação da luta foi o córner de Weidman, Renzo Gracie.

“Anderson é um cara que entra em atrito com muitas pessoas da maneira errada. Ele não é um cara humilde. Embora possa falar humildemente, quando está no ringue ele não age humildemente. Ele diminui os seus oponentes. Age de uma maneira que, olhando para aquilo, sabemos que está errado. Você pode derrotar seu oponente, mas faça isso com respeito”, falou Renzo ao “Fight Network”.

Já aqueles que torcem por Anderson questionam que este duelo poderia nem acontecer, pois Weidman ainda não merecia lutar pelo cinturão e precisaria de mais combates para se credenciar. O americano tem nove lutas na carreira e todas com vitória. Das nove, cinco foram no UFC. Apenas a primeira luta de Chris na organização de Dana White terminou por decisão. Sim, Weidman tem um belo cartel e quem decide, de forma positiva ou negativa, é o chefão Dana.

Porém, Anderson Silva também teve a chance bem rápida no UFC. Após estrear na organização com nocaute arrasador sobre Chris Leben, em 49 segundos. Logo depois, o ‘Spider’ teve a oportunidade de lutar pelo cinturão de Rich Franklin. Resultado: nocaute no primeiro round. Porém, a diferença é que Silva já tinha várias lutas na carreira antes de ingressar no UFC.

Recomendado para você