Clube da Luta

Boletim Semanal: Dillashaw x Barão II, Spider perdido e corrida pelo cinturão dos médios

Dillashaw massacrou Barão no primeiro encontro entre eles | Foto: UFC/Divulgação

Dillashaw x Barão foi remarcado | Foto: UFC/Divulgação

Olá, fãs do MMA! Chegamos ao nosso terceiro ‘Boletim Semanal’ nesta semana animada, de UFC em New Jersey, na ‘corrida maluca’ pelo cinturão dos médios, com Lyoto Machida, Luke Rockhold e Ronaldo Jacaré no mesmo card. Se você está por fora do que rolou nos últimos dias, é hora de se atualizar!

Vamos começar com o ex-campeão do peso médio, cada vez mais perdido e confuso em suas declarações. Não sei qual o objetivo com tantas afirmações sem sentidos. Nesta semana, o Spider virou notícia por publicar uma carta para a Confederação Brasileira de Taekwondo falando sobre o desejo de lutar pela equipe brasileira nas Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro. É sério ou é piada? Ou é uma forma de abafar o caso de doping.

Na mesma semana, Anderson pediu uma revanche contra Nick Diaz. O brasileiro venceu Diaz no UFC 183 e, logo depois, os dois atletas caíram no doping. O confronto deve ser considerado “no contest”. Mas, qual o sentido de pedir revanche? O bad boy americano era quem deveria estar pedindo uma nova luta contra o ex-campeão. A cada dia que passa, fico com a certeza de que: ‘o que Anderson diz, não se escreve’. Alguém lembra de quantas declarações o maior atleta peso médio do MMA deu sobre aposentadoria? Está cansando tudo isso.

De certo mesmo, podemos contar com a revanche entre o campeão TJ Dillashaw e o desafiante Renan Barão, que foi remarcada para o dia 25 de julho. Baita duelo! Vamos ver se o pupilo de André Pederneiras aprendeu com os erros da primeira luta, quando sofreu um knockdown no primeiro round e lutou no automático, perdendo o título do peso galo. Depois da derrota para o lutador da Alpha Male, Barão voltou ao octógono lutando no card do UFC em Barueri e finalizou Mitch Gagnon, mas não empolgou. Ainda assim, aposto todas minhas fichas no potiguar!

Agora, falando do UFC: Machida x Rockhold, o Ultimate não poupou esforços para fazer um excelente card. Do preliminar até o principal, só lutas interessantes (Confira o card completo). Sobre as principais lutas, a equipe do Blog Clube da Luta deixou os palpites. Dessa vez, tivemos a participação do campeão de duas categorias do Jungle Fight, Jonas Bilharinho. O carioca não ficou em cima do muro e revelou suas apostas!

O cearense radicado em Manaus, Diego Brandão, luta no card do UFC protagonizado por Lyoto Machida e Luke Rockhold. Conversei com ele por telefone e senti um Diego motivado. O brasileiro contou que vinha sofrendo com saudades da família e, nas últimas lutas, não esteve tão focado durante a preparação para os combates. Para enfrentar Jimmy Hettes em New Jersey, Brandão fez todo o camp em São e ficou próximo dos familiares. O campeão do TUF 14 está planejando um nocaute ao melhor “estilo Diego Brandão”.

Recomendado para você