Clube da Luta

Em luta equilibrada, Amanda Nunes vence Valentina Shevchenko e segue campeã do UFC

Foi por pouco. Mas no detalhe, o cinturão dos pesos-galos feminino segue com o Brasil. Em uma batalha de cinco rounds, a baiana Amanda Nunes derrotou a quirguistanesa Valentina Shevchenko por decisão dividida dos juízes (47-48, 48-47, 48-47) na luta principal do UFC 215, disputado na noite deste sábado (9), em Edmonton, no Canadá. Com o resultado, o País segue com dois títulos na principal organização de MMA do mundo: o de Amanda Nunes e o de Cris Cyborg (peso-pena feminino).

O combate marcou o encontro de duas das lutadores mais técnicas do MMA na atualidade. O duelo se desenvolveu em pé, com muita trocação, estudo por parte das duas atletas e alternância constante de bons momentos por parte das duas lutadoras. Enquanto Shevchenko aposta todas as suas fichas na luta um pé, com sequência de chutes e socos, Amanda busca seu diferencial no combate aplicando sucessivas quedas.

No último round, quando a disputa parecia empatada em dois rounds cada, a brasileira trabalhou bem o clinch e as quedas para somar pontos vitais pela vitória. Ao fim da luta, as duas atletas ficaram na expectativa pelo resultado, que acabou favorecendo a brasileira, para a revolta de Shevchenko, que ficou incoformada com a decisão dos juízes e usou o microfone do UFC para argumentar que ela é que tinha vencido a luta. Amanda, por sua vez, vibrou muito e celebrou a sua 2ª defesa de cinturão.

Confira o anúncio do resultado e a festa da campeã:

RAFAEL DOS ANJOS VENCE EM GRANDE ESTILO

O UFC 215 teve ainda a participação de 5 brasileiro. Destaque para Rafael dos Anjos, que em sua segunda luta na categoria dos meio-médios teve uma atuação soberana diante do americano Neil Magny e venceu por finalização, ao aplicar um katagatame, no 1° round. Quem utilizou o mesmo golpe para conseguir a vitória foi Ketlen Vieira, que venceu a americana Sara McMann por finalização.

Ainda no card principal, o mineiro Wilson Reis acabou nocauteado por Henry Cedudo em duelo de ex-desafiantes ao cinturão dos pesos-moscas. Outros dois brasileiros, Luís Henrique KLB e Adriano Martins, também lutaram e acabaram derrotados.

Confira os resultados do UFC 215:
Amanda Nunes venceu Valentina Shevchenko por decisão dividida (47-48, 48-47, 48-47);
Rafael dos Anjos venceu Neil Magny por finalização (katagatame) aos 3m43s do 1º round;
Henry Cejudo venceu Wilson Reis por nocaute técnico aos 25s do 2º round;
Ilir Latifi venceu Tyson Pedro por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27);
Jeremy Stephens venceu Gilbert Melendez por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-25);
Ketlen Vieira venceu Sara McMann por finalização (katagatame) aos 4m16s do 2º round;
Sarah Moras venceu Ashlee Evans-Smith por finalização (chave de braço) aos 2m51s do 1º round;
Rick Glenn venceu Gavin Tucker por decisão unânime (30-25, 30-24, 29-27);
Alex White venceu Mitch Clarke por nocaute técnico aos 4m36s do 2º round;
Arjan Bhullar venceu Luis Henrique por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);
Kajan Johnson venceu Adriano Martins por nocaute aos 49s do 3º round.

Recomendado para você