Discografia

Jazz à brasileira

Quando lá pelo fim dos anos 1950, nascia a Bossa Nova, nascia também um dos maiores e mais representativos produtos de exportação brasileiro. Tendo um baiano com voz mansa e jeito esquisito como seu principal representante, o estilo musical viajou pelo mundo, fez fama dos Estados Unidos da América até o Japão e conquistou o coração de grandes músicos do jazz internacional.

O baiano, claro, era João Gilberto e um dos seus discípulos ficou sendo John Pizzarelli, cantor, compositor e guitarrista de New Jersey, EUA, que faz sua primeira apresentação amanhã à noite em Fortaleza numa parceria da Tempo FM com a casa paulista Bourbon Street. Filho do também guitarrista Bucky Pizzarelli, John já sabe o que é um palco desde seus sete anos, quando começou a acompanhar o pai. “Foi ele quem me ensinou a chegar cedo no aeroporto. Ele também sempre me lembrava que mesmo os trabalhos pequenos eram importantes por que sempre tem alguém nos ouvindo”, confessa John em entrevista exclusiva por email.

Certamente, foi do pai que ele tirou suas primeiras influências, juntamente com outros heróis do jazz como Joe Pass e Oscar Moore. Mas, ao ouvir a economia e a sutileza de João Gilberto, a sensação foi que havia algo novo no ar. “Na primeira vez que ouvi o disco Amoroso eu fiquei louco. Eu amei”, lembra John. Isso foi em 1980 e, sete anos depois, ele pode conferir o ídolo ao vivo. “Eu o assisti ao vivo no Town Hall, em Nova York. Ele foi esplêndido como sempre”.

De João, John ficou conhecendo e admirando outros artistas brasileiros como Elis Regina, Djavan e Milton Nascimento. Esse foi o primeiro passo pra uma íntima relação com o nosso país. Em 1996, foi sua vez de estrear em terras verde e amarelas, como uma das atrações do Free Jazz Festival. Oito anos depois, ele registrou essa intimidade lançando seu olhar sobre Garota de Ipanema, Samba de uma nota só e outros clássicos brasileiros no disco Bossa Nova, que encerra com Soares Samba, em homenagem a Jô Soares.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nwmIeFL9D7g[/youtube]

Deixando um pouco de lado o jazz e a Bossa Nova, John Pizzarelli também é um admirador do rock setentista, de onde cita, entre outros Peter Frampton, Allman Brothers, James Taylor e Billy Joel. Foi nessa pegada, que ele lançou em 1998 um tributo aos quatro garotos de Liverpool. John Pizzarelli meets the Beatles traz uma leitura jazzística sobre 12 canções já bem reviradas da banda. “Não pensei nelas como em canções dos Beatles. Mas como músicas da Bossa Nova, de big bands ou de pequenos grupos de jazz”. A mistura funcionou ao ponto de ter feito deste um ponto alto de sua discografia que já conta com 24 discos, tirando outra dezena ao lado do pai.

Quanto a esta nova turnê brasileira, que passa por outras quatro cidades além de Fortaleza, ele adianta que vai fazer um passeio por canções de Nat King Cole, Sinatra, Beatles, Bossa Nova e Duke Ellington, todos já devidamente homenageados por ele em tributos. Além de sua virtuosa guitarra, ele virá acompanhado do irmão Martin Pizzarelli (baixo) e mais Tony Tedesco (bateria) e Larry Fuller (piano). Nos intervalos, ele garante aproveitar para provar um pouco das comidas e da ‘caiparinha’ brasileiras. Sem conhecer nada de Fortaleza, sequer o forró, ele admite não saber o que esperar desta noite por aqui. “Apenas um show fantástico”, encerra.

Discografia:

> I´m Hip – Please Don´t Tell My Father (1983)

> Hit That Jive Jack! (1985)

> My Blue Heaven (1990)

> All of Me (1991)

> Naturally (1993)

> Dear Mr. Cole (1994)

> New Standards (1994)

> Let´s Share Christmas (1996)

> After Hours (1996)

> Our Love Is Here to Stay (1997)

> Meets the Beatles (1998)

> Harry Allen Meets the John Pizzarelli Trio (1999)

> P.S. Mr. Cole (1999)

> Let There Be Love (2000)

> Brazil (2000) com Rosemary Clooney

> Kisses in the Rain (2000)

> Two Family House (2000) trilha sonora

> Passionate Guitars (2001) com Bucky e Martin Pizzarelli

> Twogether (2001) com Bucky Pizzarelli

> The Rare Delight of You (2002)

> Sing! Sing! Sing! (2003)

> Live at Birdland (2003)

> Bossa Nova (2004)

> Knowing You (2005)

> Rhythm Is Our Business (2006)

> Dear Mr. Sinatra (2006)

> Generations (2007) com Bucky Pizzarelli

> With A Song in My Heart (2008)

> Rockin´ in Rhythm: A Duke Ellington Tribute (2010)

> Family Fugue (2011) com Bucky Pizzarelli