Educação

Pais devem ficar atentos contra crimes via internet

criancas_onlineA utilização da internet, principalmente por crianças e adolescentes, exige muita atenção.  De acordo com o assessor de prevenção da organização não governamental SaferNet Brasil, Rodrigo Nejm, o mundo virtual apresenta os mesmos perigos que o mundo real. Para ele, da mesma forma que os pais orientam seus filhos a não falarem com estranhos na rua, é importante orientá-los a não conversar com desconhecidos na internet.

Segundo dados da ONG, no primeiro semestre deste ano 55% das mais de 44,5 mil denúncias de crimes na web se referiam à pornografia infantil. O crime pode ocorrer de várias formas. Há casos, por exemplo, nos quais as crianças são coagidas a fotografar o próprio corpo, ou exibi-lo por uma webcam.

Em outras situações, o assédio acontece de forma mais sutil, quando os agressores induzem as crianças a falarem sobre sexo. De acordo com Marcus Fonseca, coordenador de desenvolvimento de sistemas do Instituto Brasileiro de Informações em Ciência e Tecnologia (IBICT), ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, é importante que os pais incentivem o uso educativo da internet de modo que as crianças acessem sites de conteúdo positivo, educativos ou de entretenimento previamente selecionados, onde a navegação é segura.

Outra opção é a instalação de bloqueadores de conteúdo, programas de fácil instalação que impedem que a criança acesse sites com pornografia ou violência. Apesar dos cuidados, os pais ainda devem ficar bem atentos

Fonte: Correio Brasiliense (DF)