Educação

Vai fazer o que hoje?

O que você está fazendo nas férias? Quer uma dica? Vai visitar o Centro Dragão do Mar nessa tarde linda de quinta-feira!

No Memorial da Cultura Cearense você vai encontrar uma exposição de brinquedos: ““Brinquedo – A Arte do Movimento”, as peças mais que primorodas do mestre Manoel Graciano e ainda ver como era a vida dos guerreiros do sertão nordestino na exposição permante “Vaqueiros”.


Imagem divulgação

“Brinquedo – A Arte do Movimento” não é somente uma exposição de objetos lúdicos. É também um estimulante da memória e um ativador de sensibilidade.

É possível voltar no tempo e conviver com a lembrança de parentes e de momentos marcantes por meio do contato com as miniaturas coloridas do mundo adulto.

O resgate, proporcionado pelo acervo de aproximadamente 800 peças, vai de caminhões de madeira, bonecas de pano, petecas, rodas-gigantes a outras belezas artesanais.

Todos os brinquedos expostos pertencem a Coleção Macao Goes – brinquedos populares, formada pela pesquisadora gaúcha que nomeia o acervo.

Ao longo de mais de trinta anos de estudo, formação em arte e educação, pesquisa e vivência com os criadores do universo popular, Macao transformou o seu pequeno sonho em um valioso acervo.

“A coleção foi crescendo e virou objeto de desejo e de vida. Guardei as primeiras bonecas de pano e os lindos carrinhos de lata motivada por lembranças da infância e juventude, raízes familiares gaúchas e nordestinas”, conta.

As  peças reunidas pela pesquisadora foram recentemente compradas pelo Centro Dragão do Mar e hoje pertencem ao acervo do Memorial da Cultura Cearense.

A exposição tem curadoria do antropólogo e museólogo Raul Lody. Para ele a exposição proporciona uma bela experiência semântica, pois aborda os diversos aspectos do brinquedo artesanal, como a memória, o objeto de arte e a cultura popular.

Além das 800 peças separadas por temas o visitante vai interagir com as instalações. “É um mergulho no mundo dos brinquedos aberto a todos. Os adultos têm a lembrança e as crianças a prática”, explica.

Serviço: Brinquedo – O funcionamento é de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30). De sexta a domingo, a visitação é das 14h às 21h (acesso até às 20h30) – Ingressos: R$ 2,00 / 1,00 – Acesso livre aos domingos. Outras informações: (85) 3488-8621.

Recomendado para você