Educação

Apenas um terço dos alunos brasileiros aprenderam a ler, escrever e fazer contas até os oito anos de idade

Mais da metade das crianças do 3º ano do ensino fundamental de escolas públicas e privadas do País não aprendeu os conteúdos esperados. A situação é ainda pior se forem consideradas apenas as escolas públicas.

Em matemática, 70,8% dos alunos não sabem o adequado. Em leitura, esse porcentual foi de 60,3% e em escrita, de 74,1%. Nas duas redes, uma em cada três crianças não sabe, aos oito anos, o mínimo esperado em matemática. Assim, apenas 66,7% delas resolvem problemas com notas e moedas e sabem fazer contas de adição e subtração.

Além disso, 69,9% têm desempenho abaixo do esperado na escrita e 55,5% leem mal – não conseguem, por exemplo, identificar temas de uma narrativa e perceber relações de causa num texto.

Os dados são da Prova ABC, realizada pela organização não governamental (ONG) Todos pela Educação em parceria com a Fundação Cesgranrio e os Institutos Paulo Montenegro e Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).