Educação

Novo programa da Capes seleciona projetos sobre desenvolvimento regional e nacional

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou no dia 30 de julho, em parceria com Ministério da Integração Nacional, o novo Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Assuntos relacionados ao Desenvolvimento Regional e Nacional – Pró-Integração. As inscrições vão até o dia 17 de setembro.

O programa tem como objetivo estimular e apoiar a realização de projetos conjuntos de pesquisa entre pesquisadores vinculados a diferentes instituições de ensino superior possibilitando o desenvolvimento de projetos de pesquisa científica e tecnológica, contemplando a formação de recursos humanos em nível de pós-graduação stricto sensu acadêmico.

O edital expõe uma série de oito áreas temáticas que devem ser contempladas pelos projetos candidatos, como gerenciamento de riscos de desastres naturais, desertificação, gestão de sistemas complexos de recursos hídricos e gestão ambiental de áreas irrigadas.

O projeto poderá envolver a participação de no máximo três equipes que deverão ser constituídas por pesquisadores, docentes e discentes vinculados aos cursos de pós-graduação das instituições de ensino superior, ou das instituições de pesquisa ou de desenvolvimento e inovação, pública ou privada sem fins lucrativos, e, sempre que oportuno, de diferentes estados brasileiros.

Estão previstas bolsas de estudo no país e no exterior. Assim como passagens aéreas, auxílio moradia, diárias e despesas de custeio para material de consumo.

Mais informações pelo e-mail:
prointegracao@capes.gov.br

O Pró-Integração é uma das atividades de indução da Capes, que atende a demandas da sociedade, apresentadas pelos ministérios, empresas estatais e outras instituições, para formar pessoal qualificado em áreas estratégicas ou carentes em recursos humanos. Outros projetos de indução foram o Pró-Engenharia e o Programa de Formação de Recursos Humanos em TV Digital (RH-TVD).

Acesse o edital.

Acesse a página do Pró-Integração.

Fonte: CAPES