Educação

Criança exposta ao fumo tem audição reduzida

Crianças que convivem com fumantes têm a capacidade auditiva reduzida quando comparadas com aquelas que não têm contato constante com quem fuma. Essa é a conclusão de uma pesquisa feita pela Faculdade Santa Casa de São Paulo (SP).

O estudo, inédito, mostra o que estudos anteriores já haviam apontado com relação aos fumantes ativos: o dano que a nicotina provoca nas células responsáveis pela nossa função auditiva.

Os pesquisadores analisaram um grupo de 200 alunos de oito a dez anos, sem nenhuma queixa de audição, de uma escola da capital paulista. Metade convivia com fumantes e a outra metade, não.

Testes feitos em um computador apontaram a resposta das células da audição de cada aluno, medidas em decibéis, quando um som era emitido.

As das crianças que conviviam com fumantes foram, em média, dois decibéis abaixo das respostas de quem não tinha contato constante com a nicotina.

Fonte: Folha de Londrina