Educação

Estudantes de Pedagogia desenvolvem jogos para ensino da matemática nas escolas

164 1

Tanto orgulho em compartilhar essa notícia com vocês! Aproveitem e se encantem com a criatividade!

Imagem: Turma da disciplina Ensino de Matemática, no Curso de Pedagogia (Foto: Viktor Braga/UFC)

Para algumas crianças e jovens, a matemática é uma das mais temidas disciplinas na escola. Compreender números e equações, por vezes, parece enfrentar um bicho de sete cabeças. De olho nessa realidade, alunos do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Ceará estão desenvolvendo mídias educativas, com o objetivo de aperfeiçoar metodologias de ensino da matemática e despertar o interesse de alunos por esse tipo de conteúdo.

Baseando-se na abordagem do design thinking e apoiando-se em pressupostos conceituais, teóricos e metodológicos estudados na disciplina Ensino da Matemática, os estudantes da UFC criaram jogos digitais e analógicos interdisciplinares, que exploram situações do cotidiano para, ao mesmo tempo, divertir e ensinar.

Ao longo da disciplina, ministrada pela Profª Juscileide Castro, são realizadas etapas de imersão, ideação, prototipagem e desenvolvimento. Alguns alunos acabam aprendendo até mesmo outras linguagens, como a de programação de informática, para criar seus recursos pedagógicos. Neste semestre, os resultados foram apresentados no fim de novembro e, agora, passam por processo de finalização e aperfeiçoamento.

“A cada semestre, tenho sido surpreendida com a capacidade criativa dos estudantes. No semestre passado, tivemos um artigo sobre um dos produtos, que recebeu menção honrosa no Congresso Brasileiro de Informática na Educação”, disse a Profª Juscileide, referindo-se ao artigo intitulado “Tecnologias digitais e o ensino de estatística: conhecendo a estatística a partir de um recurso educacional digital”.

O processo de construção dos recursos pedagógicos conta com apoio de uma equipe de bolsistas: Darlene Alves Leitão (bolsista de Apoio a Projetos de Graduação), Luana Batista de Sousa Almeida e Natalia Pinto Fernandes (bolsistas de Iniciação a Docência), e Youri Miranda de Freitas (bolsista de Extensão).

Em novembro, a apresentação dos trabalhos finais da disciplina contou com a presença de Henriqueta Rocha de Abreu, da Célula de Formação de Professores da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza. A proposta era estreitar laços entre a secretaria e a Universidade, trocar experiências e buscar inspirações, na academia, para novas metodologias e recursos didáticos em escolas da rede pública.

Segundo a Profª Juscileide, parte dos trabalhos desenvolvidos na disciplina Ensino da Matemática acaba sendo utilizada pelos próprios alunos em seus estágios nas escolas.

Conheça os produtos desenvolvidos neste semestre:

RECURSOS ANALÓGICOS

Imagem: O jogo explora o boliche para ensinar princípios da álgebra (Foto: Viktor Braga/UFC)Projeto Bólgebra
Conteúdo: Álgebra
Como é: O jogo explora o boliche para ensinar princípios da álgebra. O objetivo é trabalhar conteúdos relacionados às propriedades da soma e à noção de equivalência.
Membros: Beatriz Alves, Deiziane Melo, Fabia Viana, Joana de Farias e Dionne Paiva.

 

Projeto Supercompras
Conteúdo explorado: Grandezas e medidas
Como é: O objetivo é aprofundar o conceito de sistema monetário e as quatros operações matemáticas, além de incluir a criança no contexto social.
Membros: Ana Giselle Gonçalves, Ariane Rodrigues, Eliane Soares, Ellen Cavalcante e Mirela Carolino.

Imagem: O jogo promove o desenvolvimento das habilidades de orientação e localização (Foto: Viktor Braga/UFC)Projeto Bora Bater Perna?
Conteúdo: Geometria, orientação e localização
Como é: O jogo promove o desenvolvimento das habilidades de orientação e localização através do manuseio de um mapa, ampliando conhecimentos acerca dos pontos turísticos e históricos de Fortaleza. Proporciona às crianças, de forma divertida, conhecer um pouco a história de Fortaleza e aprender Matemática.
Membros: Brenda Batista, Dayane Ribeiro, Priscylla Marques, Rosa Dayse e Vanessa Ribeiro.

Imagem: O principal objetivo do jogo é usar as cartas de ingrediente para completar as cartas de receita (Foto: Viktor Braga/UFC)Projeto Bon Appetit – Confeitaria
Conteúdo: Frações
Como é: O principal objetivo do jogo é usar as cartas de ingrediente para completar as cartas de receita. Ao utilizar o jogo, o professor desperta o interesse do aluno para o conhecimento matemático, além de trabalhar o gênero textual receita, bastante presente no cotidiano dos estudantes.
Membros: Giselle Maria, Heloisa Fonseca, Ingrid Facundo e Isabel Clivian.

RECURSOS DIGITAIS

Imagem: Nesse jogo, o usuário precisa identificar as formas geométricas (Imagem: reprodução)Projeto Geometria Descubra as Formas
Conteúdo: Geometria (formas planas)
Como é: A equipe utilizou a linguagem de programação para criar cenários no qual o usuário/jogador precisa identificar as formas geométricas.
Membros: Angélica Mota, Aloísio Macedo, Eliete Lima, Hellen Vieira e Renata Freitas.

 

Projeto Vamos Jogar Matemática
Conteúdo: Números e operações
Como é: A equipe utiliza o RPG Maker e apresenta uma narrativa envolvendo o ambiente escolar, com fases e percursos semelhantes aos de jogos de RPG. Em cada fase, são apresentados desafios relacionados a números e operações matemáticas.
Membros: Rafaela Nobre, Igor de Lima, Sarah Costa de Lima, Jéssica de Alencar, Matheus Alves e Maspoli Fontenele.

Imagem: O jogo traz como narrativa o Vale dos Dinossauros, localizado no Piauí (Imagem: reprodução)Projeto Dino no Vale dos Dinossauros
Conteúdo: Probabilidade
Como é: O jogo traz como narrativa o Vale dos Dinossauros, localizado no Piauí, e apresenta a vida de Dino, personagem principal que precisa solucionar situações envolvendo o conteúdo de probabilidade.
Membros: Erasmo Dantas, Thaís Moreira e Marlon Martins.

 

Fonte: Profª Juscileide Castro, responsável pela disciplina Ensino da Matemática – e-mail: juscileide@virtual.ufc.br